Labaredas; Mara Lima – Letra

Labaredas; Mara Lima

Labaredas

Vai subindo devagar, vai voando de mansinho.
Como vôo da gaivota, vai seguindo seu caminho.
O crente chora, o crente ora ao ouvir a voz Divina.
Na mensagem que é pregada, como água cristalina.

E o poder de Deus invade, a igreja e os obreiros.
Até a criança chora, diante do Deus verdadeiro.
E o inferno fecha as portas, e os demônios vão fugindo.
É fogo santo é labareda, é o poder de Deus caindo.

Se você quiser sentir a mão de Deus te abençoando.
Olhe para o lado e veja, teu irmão se alegrando.
Ouço as línguas estranhas, sinal de grande avivamento.
Seja batizado agora, já chegou o teu momento.

Uma resposta a Labaredas; Mara Lima – Letra

  1. TALYTA L. DA SILVA disse:

    MARAVILHA

Serão aceitos apenas emails reais

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>