Os Maiores Cantores de Todos os Tempos Começaram no Gospel

Musica Gospel Revelou Os Maiores Cantores da História. Lista de Revista Rolling Stone Prova Superioridade da Musica Evangélica. Musica Evangélica Toma o Mundo e Revela os Maiores Nomes da História da Musica Mundial. Os 100 maiores cantores de todos os tempos. A Rolling Stone fez a lista que figura 9 cantores gospel entre os 10 mais. A lista completa são ao todo 100 nomes – contendo por certo – dezenas de outros nomes cristão em os 100 mais poderosos cantores musicais que o mundo já viu. Não sou de ver muita TV. O tempo que me sobra, prefiro gasta-lo com afim de trazer conteúdos novos para os nossos usuários. Inclusive não tive intenção alguma de avaliar espiritualidade no artigo, mas comentar o noticiado pelo “revista americana” no aspecto apenas de prestar essa informação aos nosso usuários. – Não por concordar, discordar ou delongas – Nesse sentido espero que você comente e emita sua opinião.

676px-Aretha_Franklin.jpg

Tudo ocorreu quando me deparei com uma afirmação contrastante. No momento em que estava publicando artigos musicais sobre alguns nomes cristãos em destaque; observei como os músicos formados em igrejas evangélicas se sobressaem em face aos demais candidatos nos reality musicais exibidos na televisão (me refiro a programas como Ídolos, QST, Astros, etc.). Sobre eles sempre há o que publicar, como por exemplo, o Cantor Edu Porto, figurante do Programa Raul Gil, da Band, e do Próprio Astros do SBT, acaba de ser contratado pela Line Records.

Diante dessa gama de informações sempre vou ao YouTube procurar algo novo. Fato que me fez surpreender com que Arnaldo Saccomani afirmou em cadeia nacional: Os Melhores Cantores do Brasil estão nas Igrejas Evangélicas! – Sobre isso, ate fiz um artigo, onde nele trato do tema. Arnaldo é um produtor musical, instrumentista e compositor. Ficou nacionalmente conhecido como um dos jurados do programa Ídolos e Astros do Brasil exibido pelo SBT.

Provando na verdade o que já se fala, hoje circula nos sites especializados em “musica” uma listagem referente os 100 melhores cantores de todos os tempos. Questionada ou não, dos cinco primeiros, os quatro do topo aprenderam a cantar em corais de Igreja, alguns ainda cantam. Aretha Franklin, considerada por muitos a eterna “rainha do soul”, encontra-se no topo da lista, imediatamente seguida do genial Ray Charles e do inigualável “rei do rock”, Elvis Presley.

No top 10 podemos ainda encontrar nomes como John Lennon (5º), Bob Dylan. Sobre esse inclusive, apesar de não nascer em lar cristão. Ele voltou-se para a música gospel, após converter-se ao cristianismo e filiar-se a uma igreja. Foi o período mais controverso e polêmico de sua carreira, principalmente por Dylan afastar-se de seu repertório clássico e investir em canções com temática cristã.

Ray_Charles_(cropped).jpg

Dylan envolveu tanto com a musica cristão, que nesta nova fase, surpreendeu seus antigos fãs e se aproximou de músicos do segmento cristão, como Larry Norman, Chuck Girard e Keith Green, em cujo álbum “So You Wanna Go Back to Egypt” chega a gravar uma participação com sua harmônica (7º), Stevie Wonder (9º) ou James Brown (10º).

A História de Keith Green ainda é mais interessante. Ele, depois de 1979, negociou o encerramento de seu contrato com a produtora Sparrow, Green sentiu-se direcionado por Deus a não mais cobrar dinheiro por suas apresentações e seus discos e lançou a política do “pague o que puder”. Green foi um cantor e multi-instrumentista gospel americano. Compunha, interpretava e tocava piano, guitarra, contrabaixo e percussão.

Stevie Wonder durante sua infância foi ativo em um coral de igreja. Gravou mais de trinta sucessos que alcançaram o top ten e ganhou vinte e cinco Grammy Awards, o maior número já ganho por um artista masculino.

Já James Brown obteve sua fazendo as primeiras gravações eventualmente foram composições inspiradas no gospel-R&B, altamente influenciadas pelo trabalho de músicos como Ray Charles e Little Richard.

not6473.gif.jpg

Os quatro primeiros da lista, Aretha Franklin, Ray Charles, Elvis Presley e Sam Cooke são tão ligados originalmente a musica cristã que não preciso discorrer sobre os tais. Dos 10 mais que aqui mencionei os seguintes nomes: Aretha Franklin, Ray Charles, Elvis Presley, Bob Dylan, Stevie Wonder e James Brown. Nomes ligados a musica evangélica.

Fora eles, o 6º da lista, Marvin Gaye, viveu crescendo na igreja de seu pai. Nessa época, Marvin começou a cantar desde cedo no coral – aos 3 anos – e a tocar instrumentos. Otis Redding, o 8º da Lista nasceu na pequena cidade de Dawson, Georgia. Quando tinha cinco anos, sua família se mudou para Macon também na Georgia, onde Otis começou a cantar no coral de uma igreja e na adolescência ganhou o show de talentos do “Douglass Theatre” por 15 semanas consecutivas.

Dos mencionados, não encontrei referências que Jonn Lennon tenha se envolvido com algum grupo musical gospel, embora sabendo que quando foi apresentando a Paul MacCartney, o episodio acorreu em uma Igreja. No dia 6 de junho de 1956, Ivan Vaughan apresentou Paul McCartney a John Lennon, após Paul ver The Quarrymen tocar em uma festa na Igreja de St. Peter. Paul demonstrou suas habilidades como músico a John e foi convidado a entrar para a banda. Nesse caso, dos 10 maiores nomes da musica mundial, apenas “1”, apenas John Lennon não possui raízes do Gospel Music.

Como outros gêneros de música cristã, a criação, a performance, a influência, e até mesmo a definição de música gospel varia de acordo com a cultura e o contexto social. A música gospel é escrita e executada por muitos motivos, desde o prazer estético, com motivo religioso ou cerimonial, ou como um produto de entretenimento para o mercado comercial, sendo bem aceita pela população brasileira, por que fala do amor de Deus para a humanidade.

389px-Elvis_Presley.jpg

Quando surgiu , a Musica Cristã teve sua essência e raiz vinda por parte da nação negra nos Estados Unidos da América. O foco desta breve história é a música que fluiu da igreja Afro-americana e inspirou uma cornucópia de corais modernos, artistas do mercado Rhythm & Blues, e o atual Gospel contemporâneo (Música Cristã Contemporânea), além de outros estilos musicais do gênero.

O primeiro reconhecimento nacional da musica gospel nos Estados Unidos Veio com Edwin Hawkins Singers, ele foi o primeiro vencedor do disco de ouro com um Gospel, em 1968, ele cantou o famoso sucesso, Oh, Happy Day, tendo recebido honorários de reconhecimento e moção nacional pela musica e composição.

No entando, ainda é Thomas A. Dorsey (1899-1993), compositor de sucesso tipo There Will Be Peace in the Valley, que é considerado por muitos, O Pai da Música Gospel. Depois dessa década, outro nome surgira, o de Cleveland – Ele foi coroado, pelos seus admiradores, “The King of Gospel” (em Português, “O Rei do Gospel”).

Marvin_Gaye.jpg

Ele recebeu nada menos do que quatro GRAMMYs, incluindo um póstumos pelo seu álbum Having Church. Assim como Clara Ward, James Cleveland tinha muita presença com sua audiência. Ele não teve uma reputação de ter uma boa voz, mas ele conseguia agradar a todos que o ouvia. O seu grande feito foi fundar sua organização, em 1967, Gospel Music Workshop of America, considerada a maior convenção de Gospel do mundo, hoje, com mais de 185 escritórios de representações distribuídos pelos EUA.

Apesar de já ter falado sobre ele, Elvis Presley detém um efeito divisório para o Gospel. ELe lançou quatro álbuns gospel; Peace In The Valley em 1957, His Hand in Mine em 1960, How Great Thou Art em 1967, considerado um dos “divisores de águas” em sua carreira[15] e He Touched Me em 1972. Para se ter a real noção do que Elvis representou para o gospel americano, ele ganhou três GRAMMYs por suas interpretações gospel, em 1967, 1972 e 1974. Já em 2001 ele entrou para o “Hall da fama” do gospel, deixando para sempre marcado o seu nome nesse gênero musical americano tão importante e influente.

bob_dylan.jpg
No Brasil a musica gospel vem se incorporando. Novas gravadoras vão surdindo diuturnamente. Assim como as grandes e veteranos vem adotando o gênero como nicho de mercado ainda não explorando, fato que agrada uns e contraria outros, especialmente os mais conservadores. Abaixo segue a lista. Lembro que os respectivos nomes foram enfim elaborados pela mundialmente conhecida Revista Americana Rolling Stone, sem enfim sabermos os dados avaliados pra se chegar a lista:

 

1. Aretha Franklin
2. Ray Charles
3. Elvis Presley
4. Sam Cooke
5. John Lennon
6. Marvin Gaye
7. Bob Dylan
8. Otis Redding
9. Stevie Wonder
10. James Brown
11. Paul McCartney
12. Little Richard
13. Roy Orbison
14. Al Green
15. Robert Plant
16. Mick Jagger
17. Tina Turner
18. Freddie Mercury
19. Bob Marley
20. Smokey Robinson
21. Johnny Cash
22. Etta James
23. David Bowie
24. Van Morrison
25. Michael Jackson
26. Jackie Wilson
27. Hank Williams
28. Janis Joplin
29. Nina Simone
30. Prince
31. Howlin’ Wolf
32. Bono
33. Steve Winwood
34. Whitney Houston
35. Dusty Springfield
36. Bruce Springsteen
37. Neil Young
38. Elton John
39. Jeff Buckley
40. Curtis Mayfield
41. Chuck Berry
42. Joni Mitchell
43. George Jones
44. Bobby “Blue” Bland
45. Kurt Cobain
46. Patsy Cline
47. Jim Morrison
48. Buddy Holly
49. Donny Hathaway
50. Bonnie Raitt
51. Gladys Knight
52. Brian Wilson
53. Muddy Waters
54. Luther Vandross
55. Paul Rodgers
56. Mavis Staples
57. Eric Burdon
58. Christina Aguilera
59. Rod Stewart
60. Björk
61. Roger Daltrey
62. Lou Reed
63. Dion
64. Axl Rose
65. David Ruffin
66. Thom Yorke
67. Jerry Lee Lewis
68. Wilson Pickett
69. Ronnie Spector
70. Gregg Allmann
71. Toots Hibbert
72. John Fogerty
73. Dolly Parton
74. James Taylor
75. Iggy Pop
76. Steve Perry
77. Merle Haggard
78. Sly Stone
79. Mariah Carey
80. Frankie Valli
81. John Lee Hooker
82. Tom Waits
83. Patti Smith
84. Darlene Love
85. Sam Moore
86. Art Garfunkel
87. Don Henley
88. Willie Nelson
89. Solomon Burke
90. The Everly Brothers
91. Levon Helm
92. Morrissey
93. Annie Lennox
94. Karen Carpenter
95. Patti LaBelle
96. B. B. King
97. Joe Cocker
98. Stevie Nicks
99. Steven Tyler
100. Mary J. Blige

Até!

Uma resposta a Os Maiores Cantores de Todos os Tempos Começaram no Gospel

  1. Edu Porto disse:

    Muito bom ser citado nesse post!

Serão aceitos apenas emails reais

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>