by

Pastor Marco Feliciano diz que será candidato a Deputado Federal em entrevista

Artigo Extraído do Portal Gospel Prime

O empresário e Pastor Marco Feliciano declarou em entrevista coletiva no dia 07 de outubro, que será candidato pelo PSC – Partido Social Cristão a Deputado Federal. Confira a Entrevista.
Realmente filiou-se ao PSC, é candidato a deputado federal?


Pr Marco, em Orlândia então temos dois candidatos, um a deputado federal – Pr Marco Feliciano e outro a deputado estadual pelo PPS – Estevão, ex-prefeito da cidade. Você conversou com o Estevão apesar da diferença de partidos existe uma parceria antes ambos?


Quantos votos aproximadamente são necessários no PSC para se eleger deputado federal?


O companheiro Ricardo falou a poucos instantes atrás sobre apoio político. Apesar de não ser do nosso estado, mas o pastor Marco é amigo particular do senador Magno Malta, hoje um nome reconhecido em todo o Brasil, e tenho certeza que se precisar ele virá apoiá-lo. O que isso representa nessa sua campanha?


Aproveitando mais um gancho do amigo Ricardo, que falou que o Pastor nunca teve uma experiência como vereador, deputado ou prefeito. Nunca foi candidato. Futuramente Pastor te passa pela cabeça de ser candidato a prefeito de nossa cidade?

Pr. Marco Feliciano: Quem sabe. Mas primeiro quero lutar pela Câmara Federal.

Eu tenho um sonho, quero ser Senador e como Senador eu teria uma posição muito estabelecida dentro do país, inclusive eu tive uma chance de sair ao senado agora pelo norte do país, dois estados do norte do país vieram me procurar, bastaria com 3 meses eu me filiar lá, arrumar uma casa, ter um endereço poderia ter saído por lá. Estou saindo pelo Estado de São Paulo e acredito que possamos chegar lá.

Queria somente pegar um gancho aqui e falar que eu conto não só com a ajuda de Orlândia, mas com a ajuda da região. Todas as cidades circunvizinhas São Joaquim da Barra, Morro Agudo, Sales Oliveira, Nuporanga, conto com a ajuda de todo mundo. É uma luta mais do que política, é uma luta pela nossa cidade.

Quem sabe, depois dessa entrevista eu consiga marcar alguma reunião com alguns prefeitos, vereadores da região. E eles possam me dar uma mão nesse sonho. Ouvi falar que cavalo que já está marcado para ganhar, todo mundo quer apostar nele. Então quem sabe alguém resolve apostar no Pastor Marco, porque como eu disse são 11 milhões de evangélicos no Estado de São Paulo eu preciso que somente 90 mil deles me ajudem, mas se a minha cidade me ajudar e todo mundo me ajudar a gente pode chegar lá e fazer um bom trabalho.

Em contra partida depois que as urnas forem apuradas e eu ver que na região as pessoas que puderam me ajudar e não me ajudaram o tratamento tem que ser dado da mesma forma. Sinto que temos que ser querido com quem é querido conosco e não ser ruim com quem é ruim. John Kennedy disse uma frase certa: “eu perdôo meus inimigos mas nunca esqueço o nome deles!”.

Então fica um recado dado a toda a população, a toda a região que se puderem ajudar um filho da Terra, um menino criado na Vila Tatu, que saiu da Creche Getúlio Lima, que trabalhou na Rua 1 como Guarda Mirim, trabalhou na Casa São João, trabalhou na Intelli, que engraxou sapato nas ruas da cidade, que tem uma história em Orlândia. Acredito que é um sonho e podemos chegar lá. Só que não posso sonhar sozinho, uma andorinha sozinha não faz verão. Bem, nessa hora vemos de fato os amigos.

Tenho vários deputados amigos, são mais de 17 deputados amigos. Gente até de expressão no país, tem o Magno Malta que é senador, tem o governadores que são amigos particulares Sérgio Cabral, Eduardo Paes – que inclusive me mandou um e-mail hoje que ele está na França degustando aquela vitória bonita do Brasil, ele mandou um e-mail dizendo que a “honra e a glória tem que ser dada a Deus e a alegria fica pra gente”. Então são pessoas que se eu der um grito, é claro que vão vir, mas acredito que seja desnecessário tudo isso.

Acredito que se a cidade parar, olhar, fazer os cálculos, botar essa equação num papel e dizer calma aí, é possível a gente conseguir chegar lá. Mas se for preciso a gente traz. Acredito que com 80/90 mil votos pelo PSC, que é um partido médio já, não é mais um partido pequeno, só que também não é um partido grande como o PMDB, com 90 mil votos acredito que estou eleito. Vou ter que brigar por 90 mil votos.

Orlândia tem aí, se não me falha a memória 22 mil eleitores, é claro, eu seria um maluco se acreditasse que a cidade toda, que pela primeira vez a cidade pode se unir ao redor de dois nomes, o meu e o do Estevão. O Estevão acho que precisa de 50, 60 mil votos e eu pre-ciso de 90 mil. Imagina se saíssemos aqui da cidade com 20 mil votos cada um. Já estaríamos aí com um gás para trabalhar pela vitória de fato. O Estado de São Paulo no último censo do IBGE em 2005, apontou 11 milhões e 200 mil evangélicos, desses 11 milhões e 200 mil acredito que 9 milhões me conheçam, então vou ter que conquistar aí pelo menos 1% desse grupo evangélico para me apoiar, se 1% deles apoiar estamos dentro. Todo apoio nessa hora é bem vindo.

O único vereador que conversei na cidade é a Bernadete, que além de vereadora é ovelha da minha igreja, então eu converso muito com ela, ainda não procurei nenhuma liderança política da cidade, até porque eu desconheço esse mundo, até pedi para o Estevão ele que está articulando aí para mim, para ver como vamos fazer, para nos apresentarmos para a cidade toda daqui a alguns dias e eu preciso sim.

Até para eles eu mando um recado. Que todos os vereadores, inclusive o prefeito, vice-prefeito, que se pudessem por um momento só, isso pode cheirar “traição”, mais não é traição é por um bem maior, é pela cidade. Esquecer agora a nomenclatura do seu partido, e não esquecer quem te ajudou, é claro que não, mais pensar na sua cidade, pensar no seu filho, pensar no seu neto, bisneto, porque o que for plantado agora vamos colher nós e a nossa família.

Agradecemos sim aos outros deputados que sempre fizeram coisas por Orlândia, inclusive o Arnaldo Jardim, que veio aqui dias desses, até o Estevão veio conversar comigo e já veio pessoas perguntar para mim, nossa, foi já foi traído antes de começar? Não, não fui traído, o Estevão é um camarada íntegro, veio falar comigo, eu entendi ele perfeitamente, eles têm uma amizade política, eles sempre trabalharam juntos, eu seria um grosso, um truculento se falasse para eles, não, não quero, nada disso.
Tem espaço para todo mundo. Ele fez um trabalho, o Arnaldo Jardim foi apresentado, mas eu queria só que as pessoas colocassem uma lente de aumento nos olhos agora e enxergasse o futuro, o amanhã. Porque é claro que aqueles que me apoiarem hoje se amanhã Deus permitir que eu chegue lá, a gente vai se lembrar deles, pois isso é notório, uma mão lava a outra e as duas lavam o rosto.

Espero sim que a população toda e os vereadores da cidade, as pessoas das classes A, B, C, D, E, do gari ao mega empresário que parassem por um momento e pensar em Orlândia, para a gente para de pensar no nosso próprio umbigo e pensar que o mundo gira em torno de tudo aquilo que a gente quer. A cidade precisa crescer, é uma vergonha eu digo isso de peito aberto, saber que uma cidade como a nossa perdeu tanto para cidades da região. A cidade de São Joaquim simplesmente deu um banho na cidade de Orlândia nos últimos anos, nada contra a cidade de São Joaquim.

Lá tem quase tudo e Orlândia tem o que? Onde é que nossos filhos irão trabalhar? Temos três, quatro, cinco ônibus que saem daqui e vão todo dia para Ribeirão Preto as pessoas vão fazer faculdade e onde vamos estabelecer esse pessoal, onde vamos colocar esses adolescentes? Daqui a pouco terminam a escola, terminam seu curso e acontece como acontece comigo eu quase não estou aqui, e só hoje já recebi umas três pessoas com currículos de filhos e currículos invejáveis, gente que fez faculdade e não tem onde trabalhar e porque? Porque falta alguém para ter essa visão para a cidade, para trazermos para a cidade coisas que podem ser conquistadas.

Sei que podem ser conquistadas, ainda não sei o caminho, mas estou no meio dele, sei que podemos encontrar. Existe sim, o Estevão é um grande amigo e se mostrou uma pessoa muito íntegra, fazia tempo que não encontrava uma pessoa que tinha tantos préstimos como ele. Inclusive tivemos várias reuniões, não foi nem uma, nem duas, foram várias, acertamos nossos ponteiros, vamos estar juntos nessa campanha e como disse para ele, acredito que é uma chance única de uma cidade pequena como a nossa com menos de 40 mil pessoas de repente lançar no cenário nacional, estadual dois candidatos a deputados que tem condições de chegarem lá.

O Estevão é muito bem articulado e eu tenho o poder de mobilização de massas, já tenho feito reuniões, fiz uma reunião agora segunda-feira só para sentir, em Olímpia que é 80 km daqui numa segunda-feira tínhamos lá quase 4 mil pessoas no ginásio, inclusive o prefeito da cidade estava, as pessoas vieram da região para me ouvir. Então, acredito que se fizermos um bom trabalho temos muitas chances e é claro que para isso preciso do apoio da minha cidade. Porque todo intuito que tenho, é claro que tenho alguns pensamentos de política para o Brasil, mas antes penso na minha cidadezinha, aqui onde eu comecei e tudo que estou fazendo por aqui.

Espero a compreensão, o carinho, espero que eles sejam visionários como nós somos. Que a gente deixe de lado as questões religiosas, as questões sociais, e que o povo que é da classe A e B esqueçam que eu vim da classe D e E e o pessoal da classe D e E esqueçam que eu fui para a classe A e B que as pessoas não olhem agora para o homem e nem para o Pastor Marco Feliciano, mas olhem para um filho da cidade, que tem condições de chegar lá e que a cidade precisa de um renovo, a cidade precisa respirar um pouco mais, politicamente falando.

Quero que as pessoas em Orlândia entendam o que eu pensei comigo e com a minha família: imagina você que Orlândia tem condições pelo menos na primeira vez da história de ter um deputado estadual daqui que pode nos representar aqui no estado e tem um federal nascido aqui que pode nos representar em Brasília. Imagina a união dos dois, o que podemos trazer para a cidade.

O sonho da faculdade que sempre víamos falando por aí, o sonho de crescimento de indústrias, empresas, coisas que a gente pode trabalhar. É claro que todo mundo entende política, hoje todos sabemos que uma andorinha sozinha não faz verão. Mas pense em um homem valente e pelo que vi do Estevão ele é valente e meio, vamos ser duas águias e brigar, vamos lutar pela cidade, tenho certeza que pela primeira vez na história.
Orlândia pode ter uma força política jamais vista, uma força política de dar inveja aos políticos de Ribeirão Preto, já começaram a se movimentar, começaram inclusive a pensar alto, procurando saber quem sou eu, pois o Estevão já é conhecido e vai ser uma briga muito boa. Então, que a cidade, a população parasse por um momento e pensasse de uma maneira unânime. É a primeira vez que um filho da cidade, ou melhor, dois filhos da cidade podem fazer alguma coisa importante.

Vamos tentar atingir todo mundo, por isso agregamos valores ao lado do Estevão. O Estevão tem um público que eu não conheço e eu tenho um público que ele não conhece, somando os dois a gente une o útil ao agradável e com isso vamos chegar lá. É claro que eu vou contar muito com a força do meu povo, pois nós os evangélicos somos segmentados e nós temos uma visão, temos uma liderança, quando eu abro a minha boca e falo uma coisa sobre a verdade e o povo concorda comigo eu tenho atenção deles.
Então entre uma pessoa de fé, um cristão verdadeiro e uma pessoa que está lá, é candidato mais que faz apologia as drogas, que faz apologia ao aborto, que faz apologia a homofobia, coisas assim, é claro que o nosso povo vai ficar sempre com aquele que é Cristão.

Olhando pelo lado do meio Evangélico, na última campanha eleitoral com aquele escândalo que teve do processo do Sanguessuga das ambulâncias, a bancada federal evangélica perdeu a metade da sua voz lá dentro do Congresso, tínhamos mais de 60 deputados, com esses 60 deputados, com 550 deputados no total lá nós conseguimos mais de 10% deles, então qualquer lei que venha ferir a família, que venha ferir a igreja, que venha ferir a sociedade, levantavam esses 60 homens, independente que partido fossem e brigavam por uma ética, por uma visão e por aquilo que para nós é moral.
De repente com aquele escândalo que teve perdemos a metade da bancada, com a metade hoje não conseguimos fazer mais nada. Por exemplo, não sei se vocês sabiam, há uma lei tramitando só falta ser aprovada pelo nosso presidente, onde a prostituição, ou a mulher prostituta ela vai ter uma carteira de trabalho assinada. Imagina você que é um pai, ter sua filha, sua filha como prostituta mais com uma função reconhecida pelo país. Como é que a gente fica? Não estou falando de preconceito, estou falando de ética, estou falando de família. Então tem leis que precisam ser barradas pois tem muita gente doida naquele Senado, tem muita gente doida dentro da Câmara Federal, tem muita gente doida que tem o poder mas não sabe fazer a política como deve ser feita.

Então tem que ter pessoas coerentes. Queria que as pessoas que estão lendo essa matéria soubessem que foi isso que queimou no meu coração, de repente eu sou uma voz profética nesse país. Orlândia ainda não sabe quem é o Pastor Marco Feliciano, quem sabe agora começam a descobrir um pouco. Inclusive o Estevão quando esteve na minha casa, a Bernadete está aqui do meu lado, ela é vereadora, ela viu quando eu abri a Internet que mostra o mundo como é, ele ficou apaixonado.

Ele falou, mais você é tudo isso aqui? Pois é, eu sou um cara que nesses orkuts da vida tem 200 comunidades feitas para mim. Uma tem 90 mil pessoas, então, só em orkut deve ter umas 400 mil pessoas que passam falando de mim. Orlândia não tem noção do que é isso, porque só em orkut é 10 vezes a po-pulação da nossa cidade. Os meus dvd’s esparramados pelo país inteiro, um dos meus dvd’s agora chegou a 1 milhão de cópias, que é o Sonho de José, então esse poder de persuasão, sendo um homem de família, sendo uma pessoa que veio do nada e chegar onde cheguei, acredito que possa fazer muito mais pela cidade, que a cidade jamais sonhou em fazer por mim.

É um prazer estar recebendo vocês todos aqui no meu escritório, o pessoal da Gazeta, da Lidersom, da ORC. Agora de fato é verdade. Resolvi assumir minha postura, já é a terceira campanha onde fui procurado, onde nas duas outras passadas achei que não estava preparado para isso e também não queimava no meu coração essa vontade de estar na política.

De repente queimou o coração, a oportunidade veio e agora é definitivo, estou filiado ao PSC – Partido Social Cristão e fui procurado por todos os partidos inclusive, semana passada fiquei com o Orestes Quércia até as 22h30 no telefone eles queriam minha filiação no PMDB, mas pensei e achei por bem, um partido que tem tudo haver comigo, inclusive na nomenclatura Cristão, e agora o Pastor Marco Feliciano é candidato a candidato.

Fonte: Gazeta Popular / Gospel Prime
Via: Genizah Virtual

11 Comentários


  1. // Responder

    É assim mesmo. Um dia pregando, agora discursando na camera. Seja o que DEUS queizer.


  2. // Responder

    ele falou em uma pregaçao que nunca ia se vender (se aliar a politica)


    1. //

      sai demonio acusador…que falou foi ele ñ Deus eu voto assim 2010


  3. // Responder

    A POLÍTICA ENLAMEANDO O EVANGELHO
    COISAS DO MUNDO GOSPEL

    As novidades continuam aparecendo no mundão evangélico. A bola da vez é agora “CIRCO EVANGÉLICO”, isto mesmo! As igrejas evangélicas, na sua quase totalidade, transformaram-se em verdadeiros circos, onde os espetáculos não deixam a desejar a nenhuma lona armada por este Brasil afora. O altar transformou-se em PICADEIRO, o Pastor em ANIMADOR DE PUBLICO ou em VERDAEIROS PALHAÇOS, os cantores em ARTRISTAS, e os adoradores em MASSA DE MANOBRAS. Esta relação promíscua entre a religião evangélica e a política é uma vergonha sem precedentes, uma imoralidade e uma afronta para os ensinos de Jesus, com um bando de PSEUDO-CRISTÃOS usando a religião para colocarem em prática os seus projetos pessoais. Lamentavelmente, liderados pela outrora igreja ASSEMBLÉIA DE DEUS, hoje “ASSEMBLÉIA DE DEUSES” os evangélicos, por pura falta de competência para lidar com as ofertas do inimigo, se enveredaram pelo caminho sujo da política, abrindo espaços em suas igrejas para que a corrupção e a imoralidade política assumissem os destinos desta denominação. Vejo com profunda tristeza esta relação amistosa de uma denominação, que há alguns anos atrás era o exemplo nas práticas e na observação das Escrituras Sagradas, mas que agora se vê agarrada e dependente das sujeiras que a política carrega nas suas fileiras. Atrás dela vêm os avivacionistas, os crentes do barulho, das baladas gospel, e das festas…

    Este negócio de crente na política não encontra nenhum respaldo nas Escrituras, mas infelizmente as lideranças religiosas, por incompetência e por falta de moral, não pensam assim. Com a vida espiritual em baixa nas nossas igrejas, com os púlpitos perdidos como cego em tiroteio, com a falta total de mensagens que consigam alcançar a alma e o coração do ser humano, os nossos líderes encontraram nas mazelas da política uma forma simplória e vergonhosa de manterem as suas denominações em evidência. Para isto, se aliam a qualquer um desde que declarem, sem ter qualquer compromisso sincero, que são evangélicos, e como tem gente no meio religioso aproveitando a boquinha para disputar uma vaga nas várias esferas oferecidas pelo segmento político. E como tem crente contando com o voto do irmão para ser eleito! São as manobras do Diabo dizendo que tudo isto é de Deus, e a pobretada dos crentes engolem tudo, sem sequer dar uma mastigadinha para sentir, se pelo menos, tem gosto de coisas boas. A pobreza espiritual é latente, a falta de equilíbrio é imoral e os líderes são, na sua maioria, inconseqüentes e irresponsáveis. Preferem as porcarias do mundo do que o alimento sólido, a BÍBLIA SAGRADA. Se tem um demônio que precisa ser expulso nos meios pentecostais, este é o da “FALTA DE COMPROMISSO COM DEUS”, esta “POMBA GÍRIA” sim, está causando danos irreparáveis ao cristianismo. A falta de pudor é evidente, os camaradas, vestidos de PASTORES, aprontam toda a sorte de enganos e o povo besta vai atrás, achando que são homens de Deus, quando na verdade são os maiores PICARETAS da face da terra.

    Uma coisa básica que estes sujeitos não sabem, ou fingem que não conhecem, é que o único combate para o qual o cristão é convocado a travar é o COMBATE DA FÉ. E isto é orientação de Paulo: “Milita a boa milícia da fé…. Mas tu, ó homem, foge destas coisas, e segue a JUSTIÇA, a PIEDADE, a FÉ, a PACIENCIA, e a CARIDADE” – Efésios 6:11 e 12. Se um crente está envolvido em qualquer outro tipo de luta, ele está na briga errada! Não há necessidade de brigar com o diabo se fazendo soldado dele, Jesus já o derrotou! O maior inimigo da fé é a falta de compreensão da Palavra. Na realidade, todos os impedimentos contra a fé estão centralizados na falta de conhecimento real da Palavra de Deus. Tem muita gente pregando os seus interesses, e até os defendem com unhas e dentes, mas o Evangelho, este coitado… Só serve para ser distorcido…

    Sinto-me envergonhado em ver esta promiscuosidade se expandindo de forma perigosa, pior, vendo as lideranças abrindo espaços e cedendo os templos para que se façam campanhas nos seus interiores. A manipulação da massa é inegável, e como no julgamento de Jesus, o povo vai aonde a liderança manda, neste caso o candidato indicado é aquele que todos devem votar nele. Respondam-me, por favor, o que domina no meio político? Não é a corrupção, as negociatas, os enganos, as trapaças, a troca de favores, o nepotismo e outras coisas que são abertamente condenadas pelas Escrituras? No seio do poder, existe um jogo, complicado, cheio de manobras e desvios, difícil de jogar. Se for governo, receberá críticas oposicionistas, e se for oposição, criticará o governo. É o eterno binômio “pedra e vidraça”. Nesse jogo, muitas vezes, não se leva em consideração os desejos do povo, mas sim os anseios próprios ou de um pequeno grupo. Afinal, os partidos políticos são fadados aos joguetes inescrupulosos do poder. O cristão deve fidelidade a Deus e não a partido políticos, e a verdade exposta é que os evangélicos vergonhosamente estão sendo subservientes a agremiações que nas suas práticas ferem os princípios elementares da fé em Cristo.

    Estamos criando MILITANCAIS políticas, e esquecendo-nos do que Paulo recomenda, que devemos “MILITAR NA FÉ E NO CONHECIMENTO” de Jesus Cristo.

    A minha oração é para que Deus possa levantar homens segundo o seu coração, homens fiéis a Ele e não a partidos, fiéis as Escrituras e não aos manuais de conduta de siglas partidárias. Homens que honrem pelo menos as calças que vestem e tenha a hombridade e o caráter de não usarem o Evangelho como fachada para a realização de seus sonhos pessoais ou de sua entidade religiosa. É entidade sim, pois a igreja de Cristo só tem um sonho e um ideal, conduzir o homem aos pés da cruz de Cristo.

    “TU, pois, meu filho, fortifica-te na graça que há em Cristo Jesus. E o que de mim, entre muitas testemunhas, ouviste, confia-o a homens fiéis, que sejam IDÔNEOS para também ensinarem os outros. Sofre, pois, comigo, as aflições, como bom soldado de Jesus Cristo. Ninguém que milita se embaraça com negócios desta vida, a fim de agradar àquele que o alistou para a guerra. E, se alguém também milita, não é coroado se não militar legitimamente. O lavrador que trabalha deve ser o primeiro a gozar dos frutos. Considera o que digo, porque o Senhor te dará entendimento em tudo” – II Timóteo 2: 1 a 7.

    Muito cuidado, os PILATOS EVANGÉLICOS estão soltos por gritando aos quatro cantos: “Que quereis que eu vos faça?”. A massa está eufórica e respondendo, CRUCIFICA-O, CRUCIFICA-O!!!

    Carlos Roberto Martins de Souza
    [email protected]


    1. //

      falsa é tua fé. deixe a vida dos outros sua indemoniada;;aliás, em quem vc. vai vota não é no 2010?


  4. // Responder

    Marco feliciano ta fazendo tudo que dizia que não faria , disse que não iria se vender na verdade ja se vendeu ta conrrompido e nem percebeu ainda isso é o que da se achar mais santo que os outros e pensa que o povo de DEUS é sego que não ta vendo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


    1. //

      irmão quantas vzs vc orou por ele?…qm morreu por ele? foi voce? cuide de sua vida


  5. // Responder

    Disse Jesus : Meu Reino não é desse mundo…(imagino eu ” principalmente a podridão da politica”).O deus deles (dos politicos) é o dinheiro…


  6. // Responder

    quem diria marcos feliciono Deputado Federal!!!cuspiu pra cime né feliciano…mais eu ate intendo não brilha mais nas igrejas como pregador vai da um tiro de misericordia como politico que rebaixamento pr marcos!!!!mas num tem nada não ha alguns anos nos Evangelicos Brasileiros recebemos uma profecia nos Gideoes missionarios de que o Senhor estava levantando uma nova geração de adoradores eu estou incluso SAI DA FRENTE MARCO FELICIANOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!


  7. // Responder

    Bom eu acho otimo colocar pessoas de Deus lá dentro
    Pois se o fulano rouba isso não significa que o Pastor vai fazer o mesmo
    Seria bom ele entrar pois ele iria defender os direitos dos evangélicos seria um representante abençoado nosso

    Boa Sorte!!!

Deixe uma resposta