Pastor Paschoal Piragine sobre eleições 2010; Vídeo YouTube

É de se admirar, pois que um recente vídeo postado no Youtube vai assustadoramente chegando aos quase 1 milhão de acessos. Na verdade o vídeo mostra um pequeno trecho da ministração do Pastor Batista Paschoal Piragine Jr, Presidente da Primeira Igreja Batista de Curitiba.

Em pauta o pastor fala sobre seu posicionamento, sobre as eleições 2010. Todo esse negócio vem gerando extremos rumores entre os cristãos; isto pelo fato de que a cada dia declarações por parte dos presidenciais vem arrebatando os sentidos dos eleitores cristãos e conseqüentemente dividindo opiniões, Confira:

SERRA:

Em visita a Expo Cristã nesta terça-feira (7), em São Paulo, o candidato José Serra afirmou que os valores cristãos são os seus valores. “Eu não sou cristão de boca de urna para agradar eleitores, conquistar votos e no dia seguinte esquecer o assunto.”, afirmou.
O tucano ainda completou: “Jesus é a verdade e a justiça, o que faz bem ao povo e faria bem à política. Chega de enganação e de mentira. A verdade e a justiça é o que o povo deseja”.

DILMA:

Depois de muito falar sobre a perfeição de Deus e assuntos cultivados entre cristãos diz: Lembro também minha expectativa de que cabe ao Congresso Nacional a função básica de encontrar o ponto de equilíbrio nas posições que envolvam valores éticos e fundamentais, muitas vezes contraditórios, como aborto, formação familiar, uniões estáveis e outros temas relevantes, tanto para as minorias como para toda sociedade brasileira.

Neste vídeo o Pastor Batista Paschoal Piragine Jr, Presidente da Primeira Igreja Batista de Curitiba fala sobre eventos e assembléias entre evangélicos com a presença de líderes católicos mostrando o quanto corremos o risco de colocarmos sobre nós, julgo que poderão, posteriormente, sobrevir sobre a igreja.

Fique por dentro!

32 respostas a Pastor Paschoal Piragine sobre eleições 2010; Vídeo YouTube

  1. vicente enique moreira da cruz disse:

    Estou indignado com essa suposta democracia. Quero baixar o video do Pr Piragini e não consigo; não sei o que está acontecendo, mais já tentei acessar várias vezes este video.Deve ser manobra de quem não quer que o povo tome conhecimento de suas posições não critãs.Mas não adianta pois vamos consegir este video e divulga para as pessoas.

  2. vicente enique moreira da cruz disse:

    Gostaria de pedir para quem tiver o video do Pr. Piragine enviem para a internet.

  3. Carlos Roberto disse:

    Ipatinga, 13 de setembro de 2010

    Prezado Pr. Paschoal Piragine
    Saudações em Cristo,

    “Sede meus imitadores, como eu sou de Cristo” – I Coríntios 1:11

    Uma das expressões do Apóstolo Paulo que sempre me incomodaram foi sua afirmação enfática e repetida para que o imitássemos. Não tenho dificuldade nenhuma em afirmar que aqui, em não cumprindo esta orientação, o cristianismo se perdeu por completo.

    O Evangelho perdeu mesmo o primeiro lugar como objetivo da igreja, o negócio, devido à baixa qualidade de vida espiritual de nossa gente e da total falta de testemunho cristão daqueles que se declaram evangélicos, as lideranças resolveram investir em outra área que está mais rentável para a exposição da igreja e para a propaganda denominacionais.

    Confesso que fiquei de bobeira, estarrecido e perplexo ao ver o irmão fazendo a sua condenação do “PT” e por persuasão e por indução, inflamando o povo a votar contra candidatos deste partido. Lógico, pelo que ficou nas entrelinhas o irmão estimula os evangélicos a votarem em evangélicos, uma vergonha, uma falta do que fazer. Uma prática deplorável. Pior, como um homem que afirma conhecer a Bíblia com trinta anos de ministério, T R I N T A, o irmão ainda comete um erro infantil, primário e que mostra até onde nós evangélicos estamos reféns de homens sem compromisso com as Escrituras e com a cruz. O pastor, em dado momento do seu acalorado discurso em defesa da sua fé – não a minha, claro – TRATA ABERTAMENTE O CATOLICISMO COMO IGREJA, algo inadmissível, impensável e deprimente para quem verdadeiramente tem compromisso com Deus e com a sua causa.

    Eu, como crente em Jesus Cristo, lamento que o irmão esteja usando a influência e o púlpito de sua igreja – sua mesmo, pois se fosse a NOIVA DO CORDEIRO seria tratada de maneira diferente e não estaria metida nestas confusões – para demagogicamente fazer política partidária. As lágrimas me vieram aos olhos quando vi com meus próprios olhos o senhor fazendo as suas declarações naquele humilhante vídeo. Sei que vivemos uma situação perigosa no País, mas a culpa é dos evangélicos que abandonaram o cristianismo – não são cristãos – e se filiaram a uma onda religiosa que anda de largo daquilo que regem as Escrituras.

    Lamentavelmente os evangélicos – não os cristãos – estão buscando na podridão da política uma desculpa para pregarem o pobre e desmoralizado evangelho do século XXI. Assim, diante da inércia da igreja, da mediocridade espiritual dos evangélicos, do descaso de nossas lideranças, as coisas descambaram de vez a ponto de pastores fazer o que o irmão fez e está fazendo.

    Esta democracia religiosa é uma ameaça velada, pois permite que atitudes sejam tomadas â mercê de uma consulta prévia ao povo que se declara cristão pelo Brasil afora. Eu em particular fui surpreendido com o que vi e pensei que fosse apenas uma brincadeira de mau gosto, uma pegadinha. Mas não foi!!!

    Com a desculpa satânica, esfarrapada e pífia de participarem ativamente do momento político defendendo questões importantes para o Brasil a crentada resolveu baixar de vez no chiqueiro político e ai vale tudo uma vez que o Evangelho que pregam não consegue mais transformar nada. O rosário de “EVANGÉLICOS” – não são cristãos – que estão na disputa é algo assustador, assombroso e vergonhoso.

    Perdoe-me pastor Paschoal Piragine, mas iniqüidade é fazer o que o irmão e outros milhares estão fazendo, desviando o alvo da pregação para fins políticos partidários e eleitoreiros. Quem sabe se o irmão ORIENTASSE, ESTIMULASSE e COBRASSE de seus membros e dos evangélicos do Brasil uma postura de fiscal de seu voto, nós não precisássemos transformar o púlpito em palanque?

    Iniqüidade é perverter a mensagem, é de maneira sutil, pressionar as pessoas a fazerem algo que elas não querem, é induzir as pessoas ao erro e a agirem sem pensar. Isto sim é iniqüidade e das grandes. É perversidade. Iniqüidade maior ainda é chamar o catolicismo de igreja meu irmão. Põe iniqüidade nisto. Qual é o conceito de igreja para o irmão? Será que esta matéria não foi estudada no seminário? Ou será conveniência tratar o catolicismo como “NOIVA DO CORDEIRO”?

    Me desculpe, mas não deu para digerir o que o irmão falou. Creio que se falta alguma coisa nesta exortação, esta coisa é Deus. Posso afirmar que o irmão agiu por impulso e por interesses, não por causa da fé que prega ou defende. Confesso que estou chocado. Não sou petista e não tenho nenhuma ligação com qualquer partido, para mim e para os meus conceitos de vida cristã, política não é lugar de crente em Jesus Cristo. Pode ser de “EVANGÉLICO”, isto eu não discuto, pois que o pobre evangelho perdeu-se no emaranhado de relações entre a igreja e o mundo. Um cristão sincero, honesto, correto, integro e regenerado pelo sangue de Jesus, jamais se envolve com este mar de lamas que é a política. Se de fato ele é alguém com intimidade com Deus, ele vai saber usar o voto – instrumento dado a ele por Deus – para escolher, cobrar e acompanhar aqueles que ele escolheu para representá-lo nas várias esferas da vida política do Brasil. Se ele fizer isto com sinceridade e com a intenção de fiscalizar com certeza as coisas não chegariam até onde chegou.

    Meu caro Pr. Piragine ainda há tempo do irmão se redimir da besteira que fez, há tempo de regravar outro vídeo orientando os evangélicos a exercerem o direito e o dever de cobrarem dos políticos SEM PRECISAREM SER UM DELES. Paulo orientou-nos a imitá-lo e pelo que sei, ele Paulo, não se envolveu com as questões políticas de sua época, para ele o Evangelho era prioridade numero um. Pela sua origem, pela sua formação, pela sua convicção ele poderia ter se metido com a desgraça da política, mas se ele assim tivesse agido o Evangelho não teria chegado até nós.

    Se continuarmos nesta onda de politicagem dentro de nossas igrejas, com absoluta certeza o Evangelho não irá chegar às próximas gerações, no máximo irão conhecer a história de um povo que tropeçou e foi abatido ao longo da caminhada.

    Sede meus imitadores como eu sou de Cristo é a declaração daqueles que amam a Cristo, que seguem no caminho do discipulado, que não se interessam por nenhuma outra coisa que não seja Cristo e sua perfeita humanidade, que não desejam nada a não ser a comunhão com sua vida, sofrimento, alegria e glória. Ela é uma declaração que os evangélicos que se envolvem com o mundo cão da política não podem fazer de forma alguma.

    Pr. Paschoal, a minha oração é para que Deus mude a cabeça do irmão e que a preocupação seja de fato anunciar as Boas Novas, na pregação de um Evangelho verdadeiro, longe das siglas e dos partidos políticos. Que Deus o abençoe. Por favor, medite no Salmos 1, ele vai ajudá-lo.

    Fraternalmente em Cristo,

    Carlos Roberto Martins de Souza

  4. Vanderlei Gomes de Melo disse:

    Quero me dirigir ao irmão Carlos Roberto Martins de Souza. Li a sua opinião sobre o posicionamento do Pr. Paschoal Piragine e fiquei impressionado com o seu apreço pelo PT. O Pr. Paschoal tem todo direito e o dever de orientar as ovelhas de Jesus que estão sobre os cuidados dele a não votar em candidatos que estão contra os principios do evangélho de Cristo, o mesmo que o irmão diz professar. O momento agora é de votar.O irmão precisa procurar se informar dos projetos que estão tramitando no Congresso Nacional e que são contra a família e a palvra de Deus. O irmão deve orar sim, mas também por si mesmo, pois não é pecado o servo de Deus exercer o seu direito civico, votando e ser votado. O Senhor te abençoe.

  5. Carlos Roberto disse:

    Eleições 2010

    SUCUPIRA VEM AÍ, E OS ODORICOS TAMBÉM…

    “…Tendo a aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes, afasta-te”
    II Timóteo 3:5

    Em 2010, os brasileiros irão às urnas para escolherem os políticos que irão ocupar os cargos públicos escolhidos através do voto. São milhares de vagas em disputa entre Governadores, Deputados e Senadores, e a briga promete ser acirrada, afinal todo mundo está de olho na oportunidade de encanar a perna e engordar a conta bancária com um lugarzinho na vida publica. Tá todo mundo de olho na “TETA”, para garantir o leite da vaca “POLÍTICA”. Poucos se preocupam com a sua linhagem e mal sabem que sua avó materna é a “PROPINA”, e o avô materno o “SUBORNO”, a mãe é a “CORRUPÇÃO” e o seu pai, o “NEGÓCIOS ILICITOS”, que ambos são da linhagem genéticas da “IMORALIDADE”. Também não se preocupam com o local onde irão morar, se eleitos, na ”PODRIDÃO” e na “SUJEIRA”. Que se alimentarão freqüentemente do “ESCÂNDALO”, do “NEPOTISMO” e da “IMPUNIDADE”. A única coisa que os atrai são os “LEILÕES DAS NEGOCIATAS”, que como todos sabem, domina o mercado além, de serem lucrativos e rentáveis.

    Há alguns anos atrás, a televisão mostrou um dos maiores sucessos de audiência, uma telenovela que retratava com fidelidade os acontecimentos no meio político. “O BEM AMADO” era um humorístico sustentado na história de ODORICO PARAGUAÇU, um Prefeito prá lá de corrupto, homem que fazia qualquer negócio para se sustentar e manter-se no cargo de uma cidade chamada de SUCUPIRA. O objetivo único e prioritário em sua administração, era a inauguração do cemitério local. De um lado, é bajulado pelo secretário gago, Dirceu Borboleta, profundo conhecedor das mariposas, e conta com o apoio incondicional das irmãs Cajazeiras, suas correligionárias e defensoras fervorosas: Dorotéia, Dulcinéia e Judicéia. O titulo de “CORRUPTO” não lhe caia bem, ele estava mil anos luz á frente daquilo que se pode denominar como jogo sujo, era populista e maquiavelicamente, o prefeito armava tramas para que alguém morresse, para inaugurar o cemitério, sendo sempre mal sucedido.

    Com a aproximação das eleições, é impossível não lembrarmos desta telenovela, basta uma voltinha pelas ruas e nos deparamos com pessoas com discursos oportunistas, que superam em muito aqueles feito pelo famoso ODORICO PARAGUAÇU. São caçadores de cargos públicos, que não medem esforços para antecipadamente, com uma verborréia planejada, tentarem iludir a boa fé do povo tentando conquistar o voto dos menos avisados. Até ai tudo bem, afinal política tem as suas baixarias, o que não é nenhuma surpresa, mas, o que me chama a atenção é o numero cada vez maior de PSEUDO-EVANGÉLICOS que estão em nossas igrejas – leia-se SUCUPIRAS – todos concorrendo ao cargo de ODORICO PARAGUAÇU. A coisa fica mais suja ainda, quando para piorar, encontramos uma quantidade de Pastores e evangélicos que advogam a causa de que receberam um CHAMADO ESPECIAL DE DEUS para a Governança, Senadança ou Deputança. É uma coisa absurda e imoral, algo que merece um estudo e uma atenção mais aprofundada de toda a sociedade evangélica espalhada por este Brasil. Alguns possuem a cara-de-pau de afirmar que o Todo-Poderoso os convocou a uma missão especial, um ministério especifico nas fileiras da vida pública. Afirmam, sem medo de errar, que somente eles conseguirão viabilizar o projeto Divino a eles confiado. Ora, os discursos protagonizados por ODORICO PARAGUAÇU, eram caracterizados pela quantidade absurda de promessas, onde o famoso Prefeito, com intuito de impressionar os moradores de Sucupira, abusava na invenção de frases e palavras. Pois é, os nossos políticos evangélicos conseguem superar o Coronel, isto porque, seus discursos estão repletos de chavões e de frases prontas, onde o que importa, afinal, é a institucionalização e a consolidação do gueto, principalmente o religioso. Em nome de Deus, os irmãozinhos prometem mundos e fundos, inclusive a moralização da política! Com certeza vão deixar a vida publica e se transformarão em “MÁGICOS”. As promessas em si, já são mentirosas, afinal, é Impossível acabar com a corrupção no meio político, são mais de 2000 anos só depois de Cristo, e ninguém conseguiu esta proeza, portanto não será um irmãozinho, vestindo o paletó da política que irá moralizar a vida publica no Brasil.

    O grande problema é que as nossas igrejas – SUCUPIRAS – estão se transformando em currais eleitorais, onde o “VOTO CABRESTO” é praticado livremente, o alvo são os “IRMÃOS” de fé, que são conquistados com tapinhas nas costas e apertos fervorosos de mão em todas as reuniões. O NEPOTISMO RELIGIOSO é o argumento mais empregado como poder de convencimento, as promessas de TRABALHAR PELOS EVANGÉLICOS não podem ficar de fora, e servem como moeda de troca entre os postulantes dos cargos na vida publica.

    Não creio e não encontro nas Escrituras qualquer texto que possa fortalecer ou sustentar este expediente imoral adotado por estes oportunistas, que aproveitando a popularidade dos evangélicos, popularidade esta conseguida com uma relação promiscua com os prazeres do mundo, lançam suas candidaturas invocando o já manjado e vergonhoso ditado: “IRMÃO VOTA EM IRMÃO”. Lamentavelmente é assim que os crentes estão vivendo, com oportunistas infiltrados nas comunidades religiosas com um propósito único, arranjarem um lugar ao sol vida publica. O VANDALISMO RELIGIOSO interesseiro me impressiona e me causa um mal estar incomum! É impressionante ver eles, os candidatos a “ODORICOS” evangélicos, astutos e ardilosos nos seus argumentos, com uma audácia que ultrapassa a imaginação de qualquer pessoa de bem, com uma sagacidade feroz, na busca da realização de seus sonhos. É impressionante, e ai não pode faltar neste jogo sujo de interesses a famosa “MÁSCARA”, pois é com ela que eles conseguem se transformar diante de qualquer ameaça ou situação duvidosa. A verdade absoluta é que a religião, via igreja, transformou-se na maior porta para que pessoas sem escrúpulos, sem qualquer compromisso real com Cristo, sem qualquer sentimento de valorização da sociedade e sem uma vida espiritual convincente, possam levar adiante as suas aventuras políticas, pois elas sabem que voto de irmão é voto garantido. Sabem que com uma boa conversa, e com um discurso decorado, fica fácil vencer as resistências e conquistar os rebeldes. Afinal, somos todos irmãos… Grande balela! Puro engodo!

    E 2010 está as portas, quero que você reflita sobre a possibilidade de que se seu voto não for dado com coerência e com compromisso, ele possa estar ajudando a colocar na vida publica os “ODORICOS PARAGUAÇUS” evangélicos. Não sou PROFETA, mas acredito que Deus está dizendo para tomarmos muito cuidado com o CARROSSEL EVANGÉLICO. Ele está dizendo que as atividades não estão levando a igreja ao mundo, pelo contrário, está permitindo que ele se instale, sem nenhuma oposição, no interior delas. Não seja uma Cajaseira, não dê apoio incondicional a ninguém. Não se deixe seduzir pelo “Licor de Jenipapo” oferecido pelos ODORICOS EVANGÉLICOS, também não seja um Dirceu Borboleta, não bajule nenhum candidato, afinal seu “VOTO É UMA ARMA E SE VOCÊ NÃO SOUBER USÁ-LO A VÍTIMA SERÁ VOCÊ”! Digo isto com grande pesar, mas nós evangélicos, temos freqüentemente, nos tornado parte deste mal que assola a nação Brasileira. Infelizmente os crentes ainda não conseguiram perceber que os olhos não podem estar voltados para BAIXO e para CIMA ao mesmo tempo.

    Se na sua igreja tiver algum pretenso candidato, pelo amor de Deus, fuja rapidamente dele, mantenha uma distância suficiente para você não ser contaminado com as idéias políticas dele, já que de espiritual ele não tem nada para contagiar nem a ele mesmo.

    “Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina”
    II Timóteo 4:2

    “As crianças ficam em calçadas tão geladas quanto o coração daqueles que prometem ajudar, mas nunca estendem as mãos”

    Carlos Roberto Martins de Souza

  6. Wilson disse:

    Amigo candidato petista Carlos Roberto!!!

    Concordo que você defenda seu o ponto de vista, a ponto de perder de vista qualquer ponto.

    O Pastor Paschoal Piragine conseguiu o que parecia impossível, já tem petista lendo a bíblia, para que usando de artimanhas perverter a função de um pastor.

    O Amor de um pastor pelo seu rebanho não pode permitir que se cale.

  7. Carlos Roberto disse:

    Meu caro Wilson,

    Não, não sou e jamais serei candidato a alguma coisa, tenho caráter, sou íntegro e acima de tudo sou um “SERVO DE DEUS” e nã de siglas ou partidos políticos. A minha vida é preciosa e prefiro dedicá-la a Deus do que a subserviência a homens corruptos e enganadores.

    Tenho muito cuidado com o que faço, senão veja.

    Fui convidado para uma reunião interdenominacional para tratar sobre as mudanças no “Código de Direitos Humanos” proposta pelo Governo Federal. Numa das maiores igrejas de nossa cidade, com mais de trem mil membros, cinco Pastores e o seria para mim apenas uma oportunidade de opinar sobre um tema tão polêmico transformou-se numa oportunidade para que eu confirmasse o que sempre pensei, que a busca pelas riquezas materiais nas igrejas é algo espantoso, absurdo.

    Enquanto aguardava, aproveitei para conversar com o Presidente, um homem bem vestido, terno e gravata de marca, sapatos de couro fino e um grande anel de ouro no dedo, símbolo de sua formação. “Minha igreja é muito grande – como se eu fosse cego. Temos irmãos aqui que são muito “ABENÇOADOS”, eles são muito “RICOS”, disse o sujeito ingenuamente. Ali eu aprendi a primeira lição, a soberba é perigosa, pois ela faz crescer a vaidade e o orgulho. Mas ele não se continha em enaltecer as “BENÇÃOS” de seus sócios, fazia questão de mostrar o quanto a “PROSPERIDADE” por ele pregada era uma realidade ali, na vida de pessoas que freqüentavam aquela igreja. “Aquele prédio ali, com os seus dez andares é de um de nosso irmãos, ele dá um excelente “DÍZIMO” para a nossa igreja. Tem um outro que possui onze casas de aluguel, todas de alto padrão, também é um dos que mantém as nossas finanças”. Ele estava entusiasmado com tamanha proeza, era prosperidade para ninguém colocar defeito.

    Como havia caído um temporal na madrugada, muitos “BARRACOS” foram atingidos. Entra no “CAMARIM” – para os leigos, gabinete pastoral – um zelador da igreja, molhado com a cara de cansado e desesperado. Eram 10.25h, ele estava super atrasado. “Pastor, é que meu “BARRACO” foi atingido por um barranco e eu tive que me virar, minha família foi levada para o Ginásio de Esportes e eu vim para terminar a tarefa de ontem”. O homem estava aflito com a sua responsabilidade profissional, dava para imaginar como ele era tratado… O “BARRACO” dele era de madeira e não suportou a tempestade. O pastor disse que não havia problemas, que ele poderia terminar o serviço e depois poderia ir tratar de seus problemas. Vamos fazer uma “CESTA BÁSICA” e recolher alguns gêneros de primeira necessidade no culto de domingo e enviaremos ao irmão. Fomos para a tal reunião sobre “DIREITOS HUMANOS”.

    Imagino a cena passando na cabeça do irmãozinho, já que os meus irmãos não podem fazer nada por mim, tenho que me contentar com o consolo do Salmista: “Mas eu sou pobre e necessitado; contudo o Senhor cuida de mim. Tu és o meu auxílio e o meu libertador; não te detenhas, ó meu Deus” – Salmos 40:17. Pobre cristianismo moderno…

    A reunião foi um fracasso, tratou-se de tudo, menos de “DIREITOS HUMANOS”. Falaram sobre ameaças ao evangelho, a proibição de isto e daquilo, de “POLÍTICA” que, aliás, foi o tema dominante. Terminada a tal reunião, fui para minha casa com uma pergunta intrigante: Que prosperidade é pregada naquela igreja? Depois de um membro dizer que perdeu tudo, o Pastor consolá-lo com a promessa de uma cesta básica é algo contraditório.

    Diante do que vi e ouvi fiquei estarrecido, pasmo, literalmente perturbado, eu me recusei a acreditar no que ouvi e vi. No mesmo instante em veio à mente e ao coração um texto profundo: “Quem, pois, TIVER BENS DO MUNDO, e, vendo o seu irmão necessitado, lhe cerrar as suas entranhas, como estará nele o amor de Deus? Meus filhinhos, NÃO AMEMOS DE PALAVRA, nem de LÍNGUA, mas por OBRA e em VERDADE. E nisto conhecemos que SOMOS DA VERDADE, e diante dele asseguraremos nossos corações; Sabendo que, se o nosso coração nos condena, maior é Deus do que o nosso coração, e conhece todas as coisas” – I João 3:17 a 20.

    É exatamente assim que os crentes estão vivendo e exercitando o “AMOR”, por palavras e não por obras. É muito fácil doar uma “CESTA BÁSICA”, mas é impossível dividir com um irmão de fé uma das propriedades, dando dignidade para que ele possa morar como ser humano. Dividir é coisa de “CRISTÃO BOBO”, coisa do passado, lá dos primeiros séculos.

    Dividir é coisa de “POBRE”, rico tem é que multiplicar e somar. Como todo crente é induzido e instigado a pensar que é rico… A síndrome do “TA-SE” passou a dominar o meio religioso, o crente moderno “T-A SE ACHANDO…”. Lógico, o Rei da Cocada Preta, nada mais que isto. Até mandar em Deus eles fazem com naturalidade, exigem o que pensam que têm direito sem cerimônias. É por estas que vivemos um cristianismo “BALELA”, construído com palavras bonitas, modismos, frases de efeito, mas vazio no seu conteúdo e nas suas práticas. É o cristianismo do “EU”… Eu mando… Eu tenho… Eu sou… Eu posso,,, Eu faço… A “UNIDADE” foi abolida, aquela unidade construída com o sangue de Jesus na cruz foi desprezada, hoje e na base do cada um para si e Deus para todos.

    Aos trancos e barrancos alguns vão sobrevivendo pelas senzalas espirituais em meio ao terremoto da modernidade. Há abalos sísmicos por toda a parte, com crentes caído na vida espiritual, alguns sendo literalmente destruídos pelos escombros deixado pela perversidade religiosa que se espalha pelo universo. Mas vale ressaltar que tudo isto acontece em clima de festa… 100.000, 50.000, 10.000, são multidões nos espetáculos e shows de fé festejando a catástrofe religiosa, o cristianismo está na UTI… A unidade era, na igreja primitiva, em torno dos irmãos, hoje gira em torno de denominações, das instituições, de candidatos de líderes… Tudo, tudo que for possível arrecadar deve ser usado para sustentar impérios religiosos e as mordomias de seus donos.

    Apenas para pensar deixo uma sugestão. Dá para imaginar se os crentes fizessem o que Zaqueu fez? Se dividissem “METADE”, só a metade do que possuem com os irmãos pobres de nossas igrejas? Quem tem dez casas ficaria com cinco, e distribuiria as outras com quem não tem? Quem tem dois carros, doar um para quem não tem? Talvez agindo assim não teríamos o “ZELADOR” precisando se ver confortado com uma mísera “CESTA BÁSICA” doada por milionários religiosos. Na reunião eu pensei, será que ele não poderia ligar para um dos PEIXÕES, donos daqueles imóveis e pedir uma ajuda substancial? Como disse, é só para pensar…

    Estas coisas são primitivas, “NÃO SE APLICA” ao modernismo religioso de hoje.

    Carlos Roberto Martins de Souza

  8. Julio Abreu disse:

    Buscando um contato (email) do Pr. Paschoal Piragine, tento entrar no Site da Pib Curitiba, porém, não há como baixar. De fato, parece suspeita a coincidência com as denúncias e críticas após o vídeo sobre as eleições. O que quero compartilhar com o pastor, quero fazê-lo mais pessoalmente; e o farei.
    Já, o sr. Carlos Roberto, abundante em palavras e argumentos próprios, prolixo, como tantos que conhecemos, ao expressar suas opiniões, vemos que provocou um debate.
    Não é o primeiro a manifestar sua indignação e não será o último.
    Quisera que o muito falar e citar as Escrituras, neste caso, valessem de algo; produzissem bons frutos, discernimento e sabedoria para o povo que se diz de Deus, e para os que pensam que são DELE. Quisera que ao invés de os CRENTES nos confrontarmos em tribunas distantes com tanta veemência, nos calemos e dediquemos à oração e falemos com o PAI. Nosso voto há de legitimar os que governarão sobre nós; e se a prudência tem deixado os críticos das sombras, o orgulho e a vaidade têm tomado o seu lugar.
    Falemos menos e ouçamos mais.
    Lembremos e vivamos (2 Cr 7.14,15)e deixemos o falatório generalizado da valentia virtual.
    Ninguém precisa disso.
    Que Deus tenha misericórdia de nós.

  9. Valkiria disse:

    Carlos Alberto

    Apenas uma pergunta, vc é a favor de casamento entre pessoas do mesmo sexo, da legalização do aborto ou da repressão a liberdade religiosa e já recebeu alguma cesta básica doada pelo PT?

    Como simpatisante do PT…
    Valkiri

  10. Mariana disse:

    Eu acho que não é hora de ficarmos discutindo o que faz um ou deixa de fazer o outro, a verdade é que a eleição esta em nossas mãos e cabe a nós fazermos direito.Temos como cristãos o dever de lutar pela decencia,pelos nossos direitos de expressão, e fazer deste pais um lugar melhor, nos temos condições de fazer isso.
    O povo não precisa de bolsa esmola, vale miseria,não pode continuar aceitando a aplicação do emburrecimento e a implantação da promiscuidade como fato normal,e se tudo isso nos remete ao governo pt é obvio que o minimo que temos que fazer e não dar nosso voto a esse partido.
    Devemos nos unir, pois juntos com certeza faremos a diferença independente de pesquisas manipuladoras, da midia impositora e de qualquer outro meio ou pessoa que tente nos afastar da vontade de Deus.

  11. Fabrício Luz disse:

    Entendo como legítima e coerente a manifestação do Pastor Presidente da Primeira Igreja Batista de Curitiba, tanto como cidadão quanto como líder cristão.
    Como cidadão a ele é permitida a livre manifestação de pensamento, conforme o artigo 5º, IV da Constituição Federal. Não é porque ele manifestou uma opinião contrária às diretrizes do partido governista que a Constituição não vale (pelo menos por enquanto).
    Já como líder cristão a legitimidade do prestigiado e querido Pastor Pascoal Piragine Jr é ainda mais evidente. Não consigo ver nenhuma coerência naqueles que o criticam. Ora, o que há de errado em um Pastor Batista recomendar que não se eleve ao poder de legislar aqueles candidatos que pertencem a um partido cuja nítida orientação é de defesa das causas abortista e liberal homossexual ?

    Alguns mais empolgados sugeriram que o fato de ser notória a propensão petista em contemplar as causas em questão “não obrigaria” os deputados a votar favoravelmente a elas. Não é o que dizem os fatos. A punição dos deputados federais Luiz Bassuma (BA) e Henrique Afonso (AC) a pretexto de terem ferido o “código de ética” do PT ao assumirem uma clara posição anti-aborto significou, na prática, que os deputados foram obrigados a sair do PT para que pudessem disputar a próxima eleição. Foi uma expulsão velada que expôs as entranhas do pensamento radical esquerdista do PT.

    O que realmente é de surpreender é a reação de algumas pessoas que se dizem cristãs e batistas. Tive acesso na Internet, por exemplo, a “respostas” de alguns que se identificaram como pastores da fé reformada, reprovando o posicionamento do Pastor Presidente da PIB Curitiba. Uns com toda polidez e respeito, outros nem tanto. Estes últimos usaram argumentos tão “consistentes” como: “ isso é coisa de tucanos neo-liberais ” ou (pasmem) “temos que orar pelos governantes e não tentar mudá-los”. Em suma: ou protegem o petismo tratando sua causa pró-aborto como um assunto menor e irrelevante; ou defendem uma anti-bíblica neutralidade (não deveríamos votar então, certo?). É conveniente e cômodo repousar no berço esplêndido da neutralidade .

    Corajoso e arriscado é defender o Evangelho mesmo à custa de expor-se à críticas atrozes. Mas é o que se espera de um verdadeiro ministro do Evangelho. Qualidade inegável do Pastor Piragine.

  12. diogenes disse:

    não estou vendo o vidio!!!!!
    pq o vidio não está na tela???

  13. Carlos Roberto disse:

    Minha cara Valkiria,

    veja se o texto abaixo ajuda a mostrar de que lado estou.

    QUE VEXAME!!!

    Mas que vergonha!!! Êta “MISSIONÁRIAZINHA” duma figa!!! Êta religiãozinha danada!!! Nota-se pelas declarações da irmandade que ela trocou a desacreditada E.B.D. pelas aulas de ideologia das CEBS – Comunidades Eclesiais de Base lá das florestas do Acre. Pior, a ASSEMBLÉIA DOS DEUSES não se deus a cuidado de dar algumas aulas básicas sobre Bíblia e aí ela vem com mais esta pérola, lapidada no inferno “MARINA SILVA AFIRMA QUE CASAMENTO E UNIÃO CIVIL NÃO SÃO A MESMA COISA”. Óbvio, o negócio dela é Meio Ambiente e não questões ligadas à fé e à vida cristã… Como não sou candidato a nada, sou pobre, mas tenho maturidade espiritual e discernimento me dado pelo Espírito Santo, vou dar uma ajudinha para esta senhorinha.

    Deixo aqui as minhas considerações fundamentadas apenas nos princípios do zelo pela veracidade na formação de opinião de nossa sociedade. TODOS os meios de comunicação, invariavelmente tem errado, ao afirmar que a união de duas pessoas de mesmo sexo forma um CASAL. E agora a candidata a PRESIDÊNCIA dos evangélicos também adere a esta mentira com a maior cara de pau.

    Como Cristão, não posso me calar, desta forma apresentar as minhas considerações e o meu REPÚDIO a esta MINISTRA DO INFERNO. Afinal, temos como evangélicos, a OBRIGAÇÃO de esclarecer o nosso publico sobre ações nefastas desta natureza que agridem a nossa fé e os nossos princípios cristãos.

    Parece que o meu dicionário é diferente dos existentes por aí. Veja só as definições que encontrei:

    Casal s.m. usado fidedigna e ortodoxamente (portanto, não colide com os mais nobres e respeitáveis dicionários nacionais) onde ramifica-se a oficial estrutura lingüística de uma nação nos significados abaixo:

    Par composto de macho e fêmea (homem e mulher) unidos por casamento; o termo atualmente continua restrito a pares heterossexuais (vide dicionários de boa procedência).
    Um casal de filhos (de sexo diferente);
    Um casal de animais de estimação (de sexo oposto);
    Par composto de macho e fêmea;
    Derivação: por extensão de sentido:
    Duas coisas iguais; par, parelha (Nota: COISAS não significa: PESSOAS)

    É desprezível ver pessoas tentando justificar o injustificável, legalizar a ilegalidade, dar ar de moralidade a imoralidade, principalmente quando estas pessoas afirmam serem evangélicas e candidatas ao cargo máximo de nossa nação.

    Criou-se no Brasil um JUIZADO DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE visando dar segurança e proteção aos que figuram como dependentes desta regulamentação. No caso específico as crianças abandonadas. Assim, esperava-se que estes direitos fossem resguardados e RESPEITADOS, no entanto diante das decisões que alguns magistrados estão tomando, vê-se claramente o contrário. As leis que deveriam proteger estão sendo postas de lado quando estes ocupantes de cargos tão importantes decidem por considerar uma união entre duas pessoas do mesmo sexo como natural, legal e moral. Ao afirmarem em seus despachos que uma relação entre dois homens ou duas mulheres formam um CASAL(?) estável, violam todos os princípios de direito e de moralidade que conhecíamos até hoje. Ainda mais, permitem que estas uniões absurdas possam ADOTAR crianças como “filhos” na composição de uma família. Ora, se a lei é para evitar que crianças sejam expostas ao CONSTRANGIMENTO, ao RIDÍCULO e ao VEXAME é incoerente sujeitar estas mesmas crianças a uma união onde o pai é uma mulher e a mãe um homem. É abominável ver decisões jurídicas desta natureza sendo tomadas ferindo frontalmente os direitos de nossas crianças, submetendo-as ao ridículo de terem que comemorarem o “dia dos pais” ou “das mães” sem saber o que é verdadeiramente a figura de um PAI ou MÃE. “Honra o teu PAI e a tua MÃE” – Êxodo 20 : 12 – diz a Bíblia no enunciado das leis que definem o sucesso de um filho na sua relação familiar e não há duvidas de que o texto trata exclusivamente de uma união estável entre um HOMEM e uma MULHER, entre um MACHO e uma FÊMEA.

    No episodio da criação, a narrativa deixa claro que não há espaços para interpretações distorcidas quanto à origem da formação de uma família quando diz “MACHO E FÊMEA OS CRIOU”, isto invalida qualquer decisão seja em que instância jurídica for. Tem mais; “Vós, MULHERES, sujeitai-vos aos vossos MARIDOS…” Efésios 5 : 22; “Portanto deixará o HOMEM o seu PAI e a sua MÃE, e se unirá a uma MULHER e serão os dois uma só carne” Efésios 5 : 31. Na arca, Noé foi ordenado por Deus a colocar dentro um casal – MACHO e FÊMEA – de cada espécie como garantia de reprodução após o dilúvio. O próprio Jesus teve José – homem – como PAI e Maria – mulher – como MÂE. Os termos “ESPOSA” e “ESPOSO” são incisivos e muito claros não dando margem para dúbia interpretação. Não há duvida alguma sobre a originalidade, a legalidade e a moralidade da formação familiar estabelecida desde os primórdios dos tempos, o que há é uma vontade exacerbada de dar um ar de legalidade a distorções e desvios de comportamento sem levar em consideração o que na verdade é e nunca deixará de ser, que um casal só se forma pela união de seres de sexos OPOSTOS.

    Voltando às leis que visam dar proteção às crianças e aos jovens. É inconcebível que uma criança tenha que se sujeitar ao RIDÍCULO de ter como PAIS dois homens ou duas mulheres sem que tenham condições de expressarem com opiniões formadas sobre o que pensam da situação em que estão sendo envolvidas. Levar uma criança ao constrangimento ou expô-la ao ridículo é CRIME previsto em lei e isto não está sendo considerado nem mesmo sendo levado em conta pelos magistrados. O negócio é atender a anseios mal resolvidos á revelia da lei que eles mesmos criaram para dar proteção aos que dela dependem sem poder emitir qualquer juízo de valor ou de opção. Crianças são OBRIGADAS a aceitarem e a conviverem com a tal paternidade quando na verdade deveriam ser tratadas com o maior respeito e dignidade pelos responsáveis em aplicar e gerenciar as leis em nosso Brasil. OBRIGADAS sim, pois como imaginar que um bebe ou uma criança de dois, três, quatro anos possam emitir juízo de valor numa decisão ARBITRÁRIA como esta. Arbitrária, pois elas só se darão por conta destes absurdos quando já tiverem idade adulta e aí os estragos já estarão consumados e serão irreparáveis.

    Decide-se num tribunal entre magistrados, advogados, réus interessados, mas a parte mais IMPORTANTE – a criança – não é ouvida, sendo submetida a decisões que afrontam os princípios da formação familiar genuinamente estabelecida por DEUS.

    Gostaria de lembrar a “chave” e a “fechadura” onde só o casamento das duas pode abrir a porta; onde chave com chave ou fechadura com fechadura jamais terão capacidade de exercerem o comando de abertura de qualquer ambiente. A coisa é simples e fácil de entender, no entanto por motivos não nobres nossas autoridades fazem vistas grossas para a imoralidade e as distorções do sentido da família.

    Há outras alternativas saudáveis que podem resolver a contento os problemas de crianças abandonadas, e isto passa pelo rompimento com a legalização da imoralidade e dos devaneios de pessoas desequilibradas e doentes nas suas emoções.

    Estamos caminhando rumo a um abismo moral perigoso que coloca em xeque a instituição maior de nossa sociedade, a FAMÍLIA. O preço pago já é muito alto pelas distorções e pelas decisões equivocadas de nossos tribunais e se algo não for feito com urgência, nos veremos num caminho sem volta restando-nos apenas assistirmos melancolicamente ao fim do maior pilar de sustentação da humanidade, a família.
    Precisamos reagir enquanto há tempo para isto, do contrário seremos culpados pelos insucessos de nossas relações nos lares, na sociedade ou onde quer que haja a presença do homem como produto da preocupação de Deus em cuidar do mundo que Ele mesmo criou.

    Senhora Marina Silva, senhores assebleianos, veja o que Paulo recomenda: “…e não vos conformeis com este mundo, mas…” – Romanos 12 : 2

    Carlos Roberto Martins de Souza

  14. Lucas Belisario disse:

    Irmão Carlos Roberto,

    Me dirijo a voce esse comentário, primeiro pra contradizer um pouco sobre sua manifestação de repudio aos videos do pastor Piragini, pois acho sensato um homem enquanto cidadão orientar suas ovelhas para as eleições, pois somos todos cidadãs deste país e temos compromissos com a nação, esta é minha humilde opinião.
    Segundo é parabeniza-lo pela palavras temperadas com amor e autoridade de servo de Deus nos seus comentarios ( exceto sobre o pastor Piragini, como citado acima ), mas quando voce fala sobre o evangelho moderno, de anseios financeiros e a falta de amor e compromisso dos chamados evangelicos, tudo isso me edificou muito, e nos abre os olhos para a realidade em que vivemos e nos colocamos infelizmente nessa igreja inercia atual, não tenho o dom de falar e redigir textos bem fundamentados ainda como vove, mas peço que Deus lhe abençoe e que nao se importe com comentarios vindos sem carater e personalidade de argumentos, apenas o chamando de petista e etc, não vi em seus comentarios nada de favor a x ou a y, mas como um irmão em Cristo bem informado e cheio de vontade de alertar a todos nós.

    Um abraço e a Paz de Jesus e a misericordia de Deus seja revonada na vida de todos nós, pois sem isso, pereceríamos pela nossa fraqueza e erroneidade.

  15. Enoque Rodrigues Nogueira disse:

    Numa mensagem do tipo da que stá sendo comentada, recebi de um amigo um material dizendo: “Não vamos votar nas forças do anticristo”.

    Sendo assim, penso, se a senhora D. for eleita, a Igreja não mais estará aqui na Terra; estou falando da para quem pensa da mesma forma escatológica: “Arrebatamento antes do gioverno do anticristo”. Foi a maior bobagem que já ouvi.

    Senhores, nãa deixem de comentar esta matéria, isto edifica em muito. Não temais a partido nenhum, votem em quem dsejar o seu próprio coração, embora eu admita que é ais fácil votar com certo pastor e depois atribuir a ele a culpa…

  16. Jaine P. S. Alexandrino disse:

    Pelo amor de Deus eu preciso desse vídeo! Alguem pode me ajudar a consegui-lo?

    Quanto ao sr. Carlos Alberto, é preciso que ele se aprofunde mais nos acontecimentos atuais, pois “tudo está escrito”. Basta buscar nas fontes certas! Basta ler nas “entrelinhas”. Aconselho ler urgentemente o livro “Filhos do Fogo” principalmente o volume 2, para entender que o diabo não está brincando de ser diabo, como muitos crentes estão brincando de ser crente. A realidade é bem pior do que se imagina! Ou abrimos os olhos e ajudamos outros a abrir também, ou estamos bem encrencados! A vice da Dilma é satanista. A Dilma está com cancer. Quem vocês acham que vai governar este País? O diabo, é claro! É isso que nós queremos?

    Estou com o Pr. Paschoal!
    Deus abençoe a todos.

  17. SHE disse:

    muitas pessoas estão falando que o pastor paschoal esta falando tudo isso pra ganhar votos,mas não é verdade,ele esta nos alertando. o caos vai chegar olhem a sua valta ”irmão contra irmão, pai contra filho, carros desgovernados, pessoas sem amor, egoistas, avarentos, terremotos acontecendo, milhares de pessoas morrem todo dia e a pergunta, o que vç esta fazendo pelo mundo? hoje vç pode esta numa festa amanhã vç morre e pra onde vai. esta vida é passageira temos que orar louvar ao senhor por te nos amado primeiro por te dado seu filho na cruz pra nos salvar o que vemos no mundo hoje é so vingansa é dizamor precisamos abrir nossos olhos e ver o que esta acontecendo nos igreja de cristo podemos nos ajudar um ao outro votando em alguem que melhore o nosso país. crianças vão morrer sem ao menos ter a opção de poder viver,vç quer que vç e seu filho passem na rua e veja dois gays se beijando vçs querem isso pra nação pro país, pro mundo, não é so os evangelicos são todos,todos sofreram as consequencias pense bem meu irmão vote em alguem que traga beneficio e não desgraça
    o amor de muitos se acabou as pessoas matam as outras por besteira.
    quando for tomar suas desissões pense”em seus passos o que faria jesus”
    jesus foi humilde, perduol ate aqueles que o pregaram na cruz, ele amou todos por igual. pense nisso e que Deus abençõe a todos

  18. Carlos Roberto disse:

    DISFARCES E DISFARCES

    A Vice de Dilma é “SATANISTA”, mas ela assume isto. A senhora Marina Silva, que foi consagrada às pressas pelos interesseiros da Assembléia de Deus como “MISSIONÁRIA” não age da mesma maneira. Ela se esconde atrás do rótulo de evangélica, mente descaradamente ao afirmar que vai para o segundo turno, trata o catolicismo como igreja e não cumpre o seu papel como uma verdadeira missionária. Aliás, pelo que a Bíblia me ensina, “MISSIONÁRIA” vem de missão, a missão do crente é pregar o Evangelho e não ideologias políticas. A senhora marina e os demais candidatos que estão usando o evangelho como fachada para as suas desventuras políticas são uma vergonha diabólica para o cristianismo.

    Responda rápido e sem gaguejar: A quem Paulo recomendou expressamente e incisivamente que deveríamos imitar? O povo evangélico carece de aulas de interpretação de texto, o que tem de “ZÉ” e MANÉ tentando se passar por “JOSÉ” é algo absurdo, coisa de dar nó em fumaça ou em tornado. Senão vejamos. Qualquer um, por pior que seja o seu exemplo de vida como cristão e como cidadão, nestes momentos que antecedem uma campanha política vem logo com a desculpa esfarrapada de que precisamos de “JOSÉ” para salvar o Brasil das imoralidades e da corrupção, com isto o que tem de ZÉ e de MANÉ fazendo besteiras e cometendo toda a sorte de crimes contra o cristianismo e contra a nação é um absurdo. Onde tem corrupção tem um “ZÉ” qualquer metido no meio, lógico, ostentando da forma como bem lhes interessa os predicativos e as qualidades do nosso José do Egito. Brasília e os seus quadrilheiros evangélicos do dinheiro nas cuecas e nas meias que o digam…

    Uma das expressões do apóstolo Paulo que sempre me incomodaram foi sua afirmação enfática e repetida: “Sede meus imitadores como eu sou de Cristo” – I Coríntios 1:11. Porque será que Paulo fez esta declaração tão intrigante e tão profunda? Porque ele não recomendou que alguém naquele tempo fosse um imitador do seu antecessor José do Egito?

    Sempre que vejo os espertalhões justificarem a participação de evangélicos na política usando o exemplo de José do Egito ou outro nome do Velho Testamento me vem à mente esta indagação. Sempre tive dificuldade para afirmar isto. Na verdade, acho muito presunçoso, talvez até mesmo arrogante, alguém fazer tal declaração, é preciso muita convicção e muita segurança. Mas Paulo a fez, no entanto poucos hoje podem afirmar com absoluta convicção que levam a sério tal recomendação.

    Aceitá-la da boca de Paulo não me parece tão difícil. Afinal, ele foi um Apóstolo, ouviu a voz do Senhor, suas cartas foram inspiradas e estão inseridas no Texto Sagrado, viveu como poucos uma vida de intensa consagração, serviço e dedicação a Cristo, comprometeu-se até a morte com o Reino de Deus. Uma pessoa com as credenciais de Paulo poderia afirmar com certa segurança: “Sede meus imitadores, como eu sou de Cristo”. Mas como alguém, com minhas credenciais consegue fazer tal afirmação? Porque não imitá-lo subestimando-o e trocando-o por José?

    Mas voltando ao âmago da questão. Porque será que os defensores do envolvimento de religiosos com a política só se lembram de José do Egito? Óbvio!!! É fácil imitar José, ele teve sua participação na história do povo de Israel destacada por sua atuação em um Palácio. Claro, fazia parte dos planos eternos de Deus colocá-lo lá para que a obra de Deus na vida daquele povo fosse revelada. José não pagou com sangue o preço de nada, ele não precisou de muito, apenas revelou ao Rei os seus talentos dados por Deus e com isto conquistou a confiança daquele Monarca. José foi vendido pelos irmãos, hoje são os “JOSÉS” modernos estão vendendo os irmãos, a moral, a ética a religião e o cristianismo a troco de um lugar ao sol. O que tem de “JOSÉ” de olho nos palácios da vida moderna é brincadeira, todos usando a desculpar esfarrapada e estapafúrdia de se espelharem em José do Egito. O sujeito se vende literalmente por qualquer coisa e ainda tem o descaramento de dizer que é servo de Deus…

    O curioso nesta história macabra é que ninguém que esteja correndo atrás de um cargo na vida política de nosso Brasil se dispõe a viver como José do Egito, USAM O NOME DELE, mas preferem viver como Judas, traindo princípios e valores inerentes á vida de uma pessoa salva por Cristo. Os “JOSÉ” modernos olham apenas para a parte palaciana, para as mordomias e as regalias. José do Egito saiu da prisão para reinar, os “JOSÈS” modernos saem dos seus reinados para as prisões. São viciados em corrupção e se alimentam dela dia e noite com a maior cara de pau do mundo.

    José é um modelo? Sim, não há como negar, mas precisamos levar a Bíblia a sério, foi nela que Paulo, com toda a propriedade do mundo recomendou para que o imitássemos, pois ele imitava a Cristo na sua conduta. Ele nunca correu atrás de partidos ou de poderosos de sua época, ele os combateu usando as Escrituras. Porque imitar José? O P O R T U N I S M O!!! Nada mais… Se tivermos que levar uma vida como Paulo, lógico que teremos que carregar no corpo as marcas e as pisaduras causadas pela defesa de nossa fé. Lamentavelmente as marcas que estes que querem concorrer a um cargo político carregam são as da corrupção, as do engano, as das mentiras, as das promessas incumpríveis, as da trapaça e tudo mais que envolve o lamaçal da política. As marcas de Cristo não fazem parte da vida desta gente, elas são apaixonadas… Lógico, não por almas, mas por posição social, por prosperidade, por regalias e por todo o tipo de coisas erradas inerente a quem vive neste meio.

    Mas José do Egito viveu em palácios, isto é o sonho de todo crente, afinal morar num palácio pago com o dinheiro publico não é para qualquer um. É ”BENÇÃO” para pouquíssimas… Coisa de Deus… Ninguém quer se lembrar de que o Filho de Deus não teve sequer onde recostar a cabeça, lembram-se de José… José do Egito disse a seus irmãos que não estava no lugar de Deus: “…Não temais, porque porventura estou eu no lugar de Deus?” – Gêneses 50:19. Hoje os pseudo-evangélicos vão para a política e se fazem “DEUSES”, são os poderosos que podem fazer e acontecer, prometem mundos e fundos, determinam, ordenam e fazem de Deus um serviçal a serviço de seus mandatos.

    A HIPOCRISIA é generalizada, o oportunismo reinante é vergonhoso e cruel, pois ele torna os crentes vulneráveis ás artimanhas e a jogadas políticas movidas por interesses humanos, interesses que massacram o Evangelho e aviltam o cristianismo. É triste ver como tem gente acreditando nestes mercenários que usam seus títulos roubados de Bispos, Missionários, Apóstolos e Pastores para subirem nos degraus da imoralidade política.

    Lamentavelmente chegamos a esta encruzilhada porque a NOIVA perdeu o NOIVO DE VISTA, envolveu-se tanto com as mazelas desta vida e deste mundo que agora confunde-se com ele, vive sob os padrões ditados por ele e é subserviente a ele. A igreja de Cristo ficou na história, hoje prevalecem as denominações e as igrejas de homens inescrupulosos, pessoas que visam unicamente fortalecer os seus impérios. O NOIVO, por sua vez, acuado, espera que algum fato novo aconteça, que haja mudança nos rumos e que alguém “SÓBRIO” possa reverter este quadro terrível por que passa a sua igreja. Sóbrio, pois os crentes hoje se embriagam facilmente com qualquer porcaria destiladas alambiques do inferno, são viciados em bebida alucinógenas e não abrem mão de experimentar as novidades.

    Sabemos que a vida não existe em si mesma, como uma realidade auto-suficiente, auto-criadora. Fomos criados, gerados. Temos desejos e ansiedades, gostos e vontades, e tudo isso expressa nossa natureza, reflete aquilo que somos. São nossos desejos que nos impulsionam, determinam escolhas, riscos e rumos. A vida é o reflexo de tudo isso, somos um espelho daquilo que desejamos. O Apóstolo Paulo, ao falar da imitação de Cristo, assume a natureza da imagem de Deus na qual fomos criados. É a partir desta doutrina que ele afirma sua identidade e reage aos riscos da subserviência do homem ao mundo. Ele fez o que ninguém hoje tem coragem de fazer, negar-se a si mesmo…

    Paulo, em sua carta aos Romanos, descreve com clareza alarmante o estado deplorável dos homens que trocaram a glória de Deus e passaram a buscar nas coisas deste mundo a satisfação de seus desejos. Esses homens, diz Paulo, perderam o juízo, a sanidade, tornaram-se loucos, insensatos, desumanos, depravados e perversos.

    Ao dizer “sede meus imitadores…”, Paulo expõe sua vida, torna sua fé uma expressão pessoal e comunitária. Ele convida a Igreja a olhar para as transformações que o Evangelho fez em sua vida. Ele não é ó tipo de pensador que esconde a dinâmica da vida, ou do teólogo que se esconde atrás da academia. A mente, para Paulo, não é um substituto para a vida. Ele se oferece como uma carta viva, um exemplo real. Ao afirmar “sede meus imitadores…”, Paulo rompe com qualquer forma de relação com as coisas deste mundo.

    Não havia nenhuma arrogância em suas palavras, nenhuma prepotência, apenas a certeza de que era a Cristo, e a nenhum outro, nem mesmo seus próprios interesses, que seguia. Tinha a certeza de que sua vida refletia a glória de Cristo, seus sofrimentos, sua alegria e seus propósitos. Talvez a dificuldade de muitos em fazer esta afirmação é que temos desenvolvido uma espiritualidade menos pessoal e mais institucional, burocrática, acadêmica, racional. Refletimos mais o mundo com suas ambições, ansiedades, temores e ambigüidades do que a Cristo com seu amor, graça, perdão e salvação.

    A habilidade de liderar não está na sabedoria humana, mas, na capacidade de ouvir e obedecer à orientação que vem dos céus. É totalmente possível a uma pessoa simples ser poderosamente usada pelo Senhor na manifestação do seu poder. O compromisso com o Senhor deve ser vista por todos.

    No livro de Atos, ao verem a intrepidez de Pedro e João, sabendo que eram homens iletrados e incultos, admiraram-se, e reconheceram que haviam eles estado com Jesus – Atos 4:13. A nossa coragem e sabedoria nas ações precisam demonstrar que andamos com Cristo. Mas, a maior qualidade do líder, não importa qual a classe de liderança seja, inquestionavelmente é a condição de cheios do Espírito Santo. As ações e atitudes destes serão bênção.

    “Até esta presente hora sofremos fome, e sede, e estamos nus, e recebemos bofetadas, e não temos pousada certa. E nos afadigamos, trabalhando com nossas próprias mãos. Somos injuriados, e bendizemos; somos perseguidos, e sofremos; Somos blasfemados, e rogamos; até ao presente temos chegado a ser como o lixo deste mundo, e como a escória de todos”
    I Coríntios 4:11 a 13

    Carlos Roberto Martins de Souza

  19. Ricardo disse:

    ai pessoal o video esta no you tube como: posicionamento do pastor paschoal piragine sobre as eleicoes 2010. pra quem quizer.. pode ver tambem o que igreja catolica esta dizendo sobre isso.. assim como o Pastor Piragine alguns padres tambem estao se posicionando sobre essas eleicoes. é so pesquizarem que vcs encontrarao muito material.

  20. Iara disse:

    Só uma coisa a dizer : O Sr. Carlos Roberto Martins de Souza está totalmente ” ingênuo ” , no que diz respeito ao reino das trevas. Nós Critãos maduros, não percamos nosso tempo lendo frivolidades ; ignoremos comentários que não edificam.Imitemos o Pr.

  21. Iara disse:

    Só uma coisa a dizer : O Sr. Carlos Roberto Martins de Souza está totalmente ” ingênuo ” , no que diz respeito ao reino das trevas. Nós Critãos maduros, não percamos nosso tempo lendo frivolidades ; ignoremos comentários que não edificam.Imitemos o Pr Paschoal verdadeiro Homem de Deus!.

  22. Luciano disse:

    Deus seja Louvado,so assim está nação tera paz e vida eterna.

  23. Carlos Roberto disse:

    VIVA O “PT” – PARTIDO DAS TRANSGRESSÕES
    PARTIDO DOS TRAIDORES – EVANGÉLICOS

    “Então, dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos” – Mateus 25:41

    A nova onda da igreja agora é aliar-se a um partido político. Do Pastor à crentada, todos buscam uma legenda para seguir. Mas esquecem que Jesus nunca apoiou esse tipo de coisa. Fomos chamados para glorificar a Deus com as nossas boas obras, para pregar o Evangelho de Cristo. Para isso não precisamos de política. Muitos pensam que podem ser sal e luz se elegerem alguns políticos para defender a igreja nas altas esferas de Brasília ou até mesmo na sua cidade ou bairro

    A campanha política acirrou briga entre “CRENTES”, “ESPERTALHÕES”, “APROVEITADORES” e “GOLPISTAS”, todos de olho nas facilidades oferecidas pelo mundão da politicagem suja que reina em nosso Brasil. Estes grupos de pessoas não estão nem um pouco interessadas na pregação do “EVANGELHO” genuíno, aquele apostólico ensinado nos Evangelhos, o que estas pessoas almejam de fato é aproveitar das facilidades, sãs mordomias e das negociatas advindas de um cargo qualquer na vida publica partidária. O Evangelho distorcido por eles é apenas um caminho mais fácil e sem muita burocracia para chegarem onde pretendem. Usam a “BURRROCRACIA” de seus companheiros de fé, jogando o famoso 171 para cima deles na expectativa de convencer os menos experimentados na fé de que são merecedores dos votos deles. Como 99,9999% dos crentes são imaturos, inconseqüentes na fé que professam, desprovidos de conceitos equilibrados de vida cristã, a “FARRA DO VOTO” já esta em franca expansão, ela vai culminar nas urnas onde a crentada, manipulada por lideranças incompetentes e inconseqüentes vão mandar para os palácios um grande numero de “PORCOS”, que eles crentes eleitores, chamam de candidatos cristãos éticos, comprometidos com o Evangelho. São “PORCOS”, pois quem se propõe voluntariamente a ir para os “CHIQUEIROS” da política são sim porcos, pior, como crentes, são pé duro. Se você tiver dúvidas, visite uma “POCILGA” e compare-a com os corredores, com os gabinetes e com os palácios, vai ajudar a entender o que falo.

    Eu duvido que um “CRISTÃO” remido pelo sangue do Cordeiro, regenerado e transformado vá gastar seu precioso tempo brigando por ideologias políticas, por partidos ou algo semelhante. Lamentavelmente “CRISTÃO” com estas características acima está extinto, não há no mercado, o que há são “CRENTES” que se definem, por freqüentarem um lugar que chamam de igreja, como “EVANGÉLICOS, pás que não passam de “MILITANTES DE ESQUERDA” no meio desta política religiosa que se instalou no seio do cristianismo.

    Na ciência política, a esquerda é considerada “OPOSIÇÃO”, que geralmente implica o apoio a uma mudança do enfoque social, do governo em exercício, com o intuito de criar uma sociedade mais igualitária. O termo esquerdista passou a definir vários movimentos revolucionários na Europa, especialmente socialistas, anarquistas e comunistas. O termo também é utilizado para descrever a social democracia e o liberalismo social.

    Partidos de esquerda seriam os partidos populares, que defendem os interesses dos operários e dos setores despossuídos de forma ostensiva com políticas de divisão dos meios de trabalho como reforma agrária, estatização das fábricas etc.

    No Brasil, especificamente no meio evangélico, se instalou uma “ESQUERDA” revolucionária que poucos querem aceitar que ela existe. Hoje os “CRENTES DE ESQUERDA” estão superlotando as igrejas com suas ideologias e o que é pior, sendo orientado por “ESQUERDISTAS” disfarçados. Se não vejamos. São os “OPOSITORES” à Bíblia e seus ensinos, pessoas que adotaram um modelo alternativo de vida que seja menos desafiador do que aquele exigido nas Escrituras que tem como regra carregar no corpo as “MARCAS DO EVANGELHO”.

    Foi Jesus quem disse que profetizou acerca da “ESQUERDA RELIGIOSA”, ele disse que quem não aceitasse os seus ensinos, não os praticasse e não o confessasse como Senhor seria colocado à esquerda, a caminho do inferno.

    A “ESQUERDA EVANGÉLICA” apóia abertamente a promiscuidade, a prostituição e o adultério. A promiscuidade é expressa na relação direta que é praticada no meio evangélico entre o “SAGRADO” e o “PROFANO”. Hoje, com a argumentação de que “TODAS AS COISAS SÃO LÍCITAS” os demagogos evangélicos partiram para curtir a vida. Vale uma cerveja, uma noitada no motel, um baile funk, um show gospel em Barretos, um carnaval para Jesus e de quebra até um cargozinho qualquer no meio político. A tal moda eu nem vou tocar nela senão me crucificam. Algumas entidades que possuem placas de “IGREJA” nas suas fachadas não passam de verdadeiros “PROSTÍBULOS RELIGIOSOS”. Nestes locais a “NOIVA DO CORDEIRO” é traída e tocada por qualquer coisa, de objetos benzidos à cargo na administração.

    A “ESQUERDA EVANGÉLICA” apóia abertamente o adultério religioso, pois pregam e praticam a “IDOLATRIA” quando endeusam e adoram líderes e astros do mundo gospel.

    Tem mais, há um movimento que se instalou no meio evangélico que destruiu tudo que havia de sério e de belo na mensagem apostólica. Falo do já tradicional “MST” – Movimento dos Sem Testemunho – aquele que rompeu com as barreiras do compromisso com Deus e resolveu invadir as fazendas e as propriedades do mundão montando lá as suas barracas. O “PT” – PARTIDO DOS TRAIDORES, aquele mesmo de Judas Iscariotes – está mais que ativo, ele está atuante e formando militantes para que possam não deixar morrer as ideologias de seu mentor, o tal Judas. O que tem de “ISCARIOTES” nos locais que chamam de igreja é algo assustador. De Pastor, Bispo, Missionário, Apóstolo, Obreiro até os famosos sócios ou parceiros, todos sem exceção, são Judas que vivem no meio evangélico traindo os princípios estabelecidos por Deus em sua palavra para o exercício de uma vida cristã equilibrada.

    E ai vem um Pastor querendo dar uma aula de “iniqüidade” e posta um vídeo no You Tube incitando a crentada a votarem contra um partido que não lhe agrada. O camarada anda com a mensagem tão pobre, tão sem consistência e tão voltada para ideologias que ele não consegue convencer ninguém e ai apela para a política para dar uma ajudazinha e ver se alavanca o seu ministério.

    São as coisas dos “EVANGÉLICOS” do século XXI, já que “CRISTÃOS” com exemplos de vida espalhados nos moldes dos nossos ancestrais, aqueles irmãozinhos do cristianismo primitivo, não existem mais. Há sim cópias grosseiras, nada mais.

    Carlos Roberto Martins de Souza

  24. Osvaldo Leitão disse:

    Creio que o senhor Carlos ,depois de falar vtanta asneira o melhor que podia fazer é ficar de bico fechado

    Osvaldo

  25. antônio disse:

    NÃO IREI VOTAR MAIS EM NEHUM CANDIDADATO DO PT, OBRIGADO PASTOR PASCHOAL, IREI ALERTAR TODA A MINHA FAMÍLIA E OS IRMÃOS DA IGREJA DA QUAL SOU MEMBRO.

  26. MARCELO disse:

    É ISSO AI MEUS IRMÃOS,VAMOS COLOCAR ESSE POVO PARA CORRER NO NOME DO NOSSO SENHOR.
    PASTORZÃO CONTINUE FAZENDO A OBRA DE DEUS,AMEI MUITO O VIDEO.

    • MARCELO disse:

      ME DESCULPEM PORQUE MEU ASSUNTO ANTERIOR FOI TÃO CURTO,MAS DEPOIS QUE
      EU LIR AS BOBEIRS DESSE IPOCRITA DO CARLOS TEM DITO.

      SÓ QUERO TE DIZER SENHOR CARLOS SE VOCÊ NÃO TEM O QUE FAZER,PROCURE!
      POR QUE COM DEUS NÃO SE DEVE BLASFEMAR.
      E COM OS FILHOS DELE NÃO MECHA,O PODER DE DEUS É MUITO GRANDE E PODEROSO,
      ( TOME CUIDADO COM QUE VOCÊ FALA.)

  27. JAM PIM disse:

    NÃO VEJO NADA DEMAIS EM ORIENTAR OS IRMAÕS A VOTAR COM OS PRINCÍPIOS CRISTÃOS, O QUE NÃO PODE É INDUZIR A COUNIDADE EVANGÉLICA A VOTAR EM CANDITATO OU PARTIDO “A” OU “B” USANDO O PÚPITO DA IGREJA COMO PALANQUE ELEITORAL . O IRMÃO CARLOS ROBERTO É MUITO SENSATO EM SUAS COLOCAÇÕES E O PARABENIZO, QUE QUE EUS CONTINUE O ABENÇOANDO. SE O GOVERNO DO PT É O ANTI-CRISTO É BOM OS IRMÃOS SE PREPARAREM PRO ARREBATAMENTO, POIS O DIA 31 DE OUTUBRO ESTÁ BEM PERTO.SEM QUEREM ME REFERIR A AO PASTOR PIRAGIME,QUE TEM O O DEVER DE ORIENTAR SUAS OVELHAS, TEM MUITO EVANGÉLICO TAPADO ,”MARIA VAI COM AS OUTRAS” “CHIÍTA,” FAZENDO TERRORISMO EM NOSSO MEIO,HAJA VISTA OS COMENTARIOS ALIENADOS E SEM NOÇÃO DA REALIDADE LIDOS ACIMA DE PESSOAS COMO COMO A DONA MARIANA QUE NO MEU ENTENDIMENTI NÃO SABE O QUE É PASSAR FOME, PORTANTO NUNCA PRECISOU DO BOLSA ESMOLA, NUNCA PRECISOU DO BOLSA ESCOLA OU PROUNI,POIS DEVE SER “FILHINHA DE PAPAI” ESTUDANDO DESDE A INFÃNCIA ATE A UNIVERSIDADE EM ESCOLA PARTICULAR,E OLHA QUE TEM MUITO PSEUDO-EVANGÉLICO QUE SÓ TA NA UNIVERSIDADE POR CAUSA DO PROUNI VAOS DEIXAR DE SER HIPÓCRITAS E CEGOS, OLHE PARA TRÁS, COMPARE AS COISAS, COMO ERAM E COMO ESTÃO, SEJA PARA EVANGÉLICOS OU NÃO ESTA MELHOR PRA TODO MUNDO, QUANDO O LULA ERA CANDIDATO INVENTARAM A MESMA COISA , QUE ELE IA FECHAR AS IGREJAS, MUDAR A COR DA BANDEIRA QUE TINHA RAIVA DE CRENTE, E NO ENTANTO A LIBERDADE RELIOSA ESTA ATÉ MAIOR O NÚMERTO DE DENOMINAÇÕES QUE SURGEM A CADA DIA É MUITO GRANDE, O NÚMERO DE EVANGÉLICOS CRESCE A CADA ANO,SOMOS MILHÕES HOJE, NÃO SOU PETISTA ,SOU CRISTÃO ,MEU PARTIDO É O DE CRISTO SÓ NÃO SOU ALIENADO OU INFLUENCIADO POR QUALQUER COISA ,GOSTO DE ANALISAR OS FATOS E TER MINHA PRÓPIA OPINIÃO,SE O PT É DO DIABO OU NÃO SEI,SE FOR DEUS SE ENCARREGARÁ DE JULGÁ-LO E DAR SUA PAGA, POIS TODOS QUE SE LEVANTAM CONTRA OS SERVOS DO ALTÍSSIMO CAEM POR TERRA, “NÃO TEMAS POQUE SOU CONTIGO , NÃO TE ASSOMBRES POIS SOU O TEU DEUS EU TE FORTALEÇO E TE SUSTENTO COM A MINHA DESTRA FIEL” QUE DEUS ABENÇOE A TODOS.

  28. Adauto Gonçalves dos Santos disse:

    Eu não sabia que uma a Primeira Igreja Batista pudesse comportar esse tipinho como Piragine. Usar a posição de pastor para semear ódio e contenda entre irmãos. Precisamos de gente para semear o amor, não para semear ódio e intolerancia. E esse pastorizinho é tão ignorante, que não sabe que vários partidos no Brasil tem parlamentares que defendem aborto em certas circunstancias, que defende a união civil de pessoas do mesmo sexo, o direito de adoção para gays, etc. Ou esse pastor é muito desinformado ou foi contratado pelo Serra, para atuar como seu cabo eleitoral. Observe que o Pastor não citou sequer um versiculo da biblia para fundamentar seu discurso. Ele disse um monte de sandices. Ele sabe o que é iniquidade, mas não quis defini-la de modo mais completo e abrangente. Parece um sonâmbulo falando, fez um discurso sem harmonia, sem concatenação, sem fundamento bíblico, e definiu iniquidade de modo incompleto e impreciso. Veja quanta ignorancia predomina em nosso meio. Apesar da pobreza e desinformação demonstrada pelo pastor, ele ainda conseguiu um monte de aplausos. Tem que ser muito imbecil e desinformado para fazer a apologia da fala desse pastor. Veja como ele está enrrolado agora. Serra defende abertamente a união civil de gays, diz que é contra aborto mas assinou norma tecnica autorizando a mantança de crianças com até cinco meses de gestação, e dona Monica Serra, depois de levianamente acusar Dilma de ser uma assassina de criancinhas, caiu sua máscara, a mulher do Serra assassinou o proprio filho de 4 meses de gestação. Faça o que eu mando, mas não faça o que eu faço. Esse deveria ser o discurso do casal mais hipócrita do Brasil : Serra e sua Mulher. Aposto que o Pastor Piragine está bem caladinho agora, a não ser que ele tenha perdido totalmente o pudor e a vergonha. Nós merecemos um pedido de desculpa do Piragine. Ele trouxe vergonha para a nossa querida igreja Batista. Usar o nome da Igreja e suas instalações para fazer campanha política partidária. Esse Pastor é uma vergonha!

  29. Adauto Gonçalves dos Santos disse:

    A CNBB que sempre teve uma postura equilibrada, estava sendo manipulada pelos asseclas de Serra. Um grupo de bispos e padres comandados pelo amigo do Piragine, dom Luiz gonzaga, estava trabalhando como cabos eleitorais de Serra, distribuindo panfletos apócrifos contra a candidata da situação. Recentemente, a PF apreendeu um milhão de panfletos apócrifos supostamente encomendados pela diocese de guarulhos. A CNBB reafirmou sua posição contraria a essa baixaria, e nunca recomendou vota contra ou a favor de quem quer que seja, pois segundo ela, o eleitor deve votar livremente. Piragine não entende a importancia do voto livre e consciente. Alem de querer colocar cabresto nos eleitores, inclusive usando de chantagens e ameças de julgamento divino. Esse pastor está fora de si, alguem precisa despertá-lo para uma vida saudavel e sem prepotencia e arrogancia.

  30. MARCOS ANTONIO disse:

    Estou estarrecido por ler tanta besteira vinda de umas pessoas que se dizem servas de Deus, pois estas mesmas dão ouvidos ou oferecem seus ouvidos como penicos para inumeros pastores fazerem suas porcarias, isto só comprova cada vez mais a falta de conhecimento e a ignorância destes pseudo fiéis que não são mais do que gado destes pastores oportunistas e que só ganham dinheiro deste povo que frequenta suas igrejas fazendo com que eles enrriqueçam ainda mais e ainda determinam através de discursos bestiais que confundem o povo, quando Cristo morreu ele nos deus a liberdade de chegarmos a presença de Deus porisso não precisamos destes ignorantes fariseus que acham que conhecem o reino de Deus pois foram estes fariseus que cruxificaram a Jesus e hoje estão dando discursos sem fundamento usando o povo de Deus como massa de manobra, é porisso que a igreja evangélica tem a fama de ignorante e alienada pois não pensa com a sua cabeça analisando os fatos ouve qualquer besteira de um idiota qualquer que se diz homem de Deus e vai atrás, Cristo nos deu liberdade para agirmos, pensarmos e tomar nossas descisões com base na palavra, não serão estas pessoas que põe um terno uma gravata e uma Biblia embaixo do braço e vão nos dizer o que fazer, isto sõ acontece com pessoas que não tem vontade própria e são guiados por qualquer vento (pastores).

  31. Eliseu do Prado disse:

    Caro irmão em Cristo C.Roberto;e irmãos que estão participando eu concordo plenamente com nosso irmão C.Roberto a pior ora de se comentar de politrica é agora e na minha opinião,já posso fazer isso;é que o pr.Piragni tomou licença de uma platéia e deu a entender que.
    Está apoiando alguem ou algum,deu a entender também que de alguma forma bem discreta vai ganhar o dele,não foi tão descarado quanto o Silas Malavéia que vendeu a alma até pro Serra pra ganhar sua conseção televisiva. Julgamentos presciptados nos faz juizes e ñ observador da lei. Então entendo que todos nós estamos errados,então vamos nos calar?!!!;Certo homem em certo tempo diz que a corrupção almentaria e isso ñ o assustaria, a mentira também cresceria,mas tb.ñ o assustaria e que tudo de errado ficaria pior cada dia que passase,mas mesmo assim ele ñ teria medo,o que lhe estava assustando erra o silencio dos poucos que eram sinceros disso ele estava com medo. O Pr.Piragni errou,sim na minha opinião,o Silas está a venda assim como estava quando o Garotinho estava em 3ºnas eleições de 2006 na minha opinião estava.
    Ainda na minha opinião nos não temos corragem de encarar os pr.corruptos e preguiços que temos aos montes nas nossas igrejas e quando conseguimos alguém p/fazer os abondonamos no meio do caminho quando a batata esquenta.
    Sou cristão filho de pr. da Ass. e vi o meu pai morrer as minguas por ter sido passado p/trás. O que mais me da tristeza é que nos ñ temos tantos C.ROBERTO dentro do meio cristão,porque se tivesse-mos os ppastores pensariam antes de abrir suas bocas.

Serão aceitos apenas emails reais

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>