Aline Barros lança linha de Cosméticos: Petite Princesse Aline Barros

“Petite Princesse Aline Barros” é o nome de uma nova linha de produtos cosméticos que traz o nome da Cantora Aline Barros. A proposta é trazer produtos que surtam as necessidades do publico mais jovem.

Na verdade, a própria cantora lançou os produtos que vão desde Sabonetes, Shampoo e até hidratante corporal. A baixo segue o nome dos produtos, bem como as especificações disponível para cada produto:

  • Sabonete Líquido Aline Barros possui em sua rica composição um complexo blend vegetal com Extrato de Cacau que protege e hidrata sua pele proporcionando um banho agradável através da espuma extra sedosa e da fragrância Petite Princesse com notas florais frutais, extremamente agradáveis e marcantes.
  • Shampoo Aline Barros possui uma formula rica e balanceada o Extrato de Cacau que deixarão seus cabelos soltos, com brilho, suavidade ao toque e volume, mantendo-os hidratados por muito mais tempo. A fragrância Petite Princesse possui notas florais frutais, extremamente agradáveis e marcantes.
  • Condicionador Aline Barros possui em sua rica formula o Extrato de Cacau e um complexo blend com ativos de alta tecnologia que envolve os fios, mantendo-os hidratados, brilhantes, fácil de pentear e macio por muito mais tempo. A fragrância Petite Princesse possui notas florais frutais, extremamente agradável e marcante.
  • Creme de Pentear Aline Barros possui em sua rica formula Extrato de Cacau e um complexo blend com ativos de alta tecnologia que envolve os fios, mantendo-os hidratados, brilhantes, fácil de pentear e macio por muito mais tempo. A fragrância Petite Princesse possui notas florais frutais, extremamente agradável e marcante.
  • Perfume Aline Barros traz o glamour da fragrância Petite Princesse inspirada nos aromas dos campos franceses, sua combinação com notas cítricas, florais e âmbar torna esta criação extremamente jovem, moderna e romântica.
  • Hidratante Corporal Aline Barros desenvolvida com a preocupação de equilibrar e restaurar a beleza da sua pele. Proporciona um toque especial e envolvente deixando sua pele macia, protegida e hidratada graças ao blend vegetal composto por extrato obtido do Cacau e óleo de Amêndoas Doce. A fragrância Petite Princesse possui notas florais frutais, extremamente agradável e marcante.

Para adquiri-los, contacte [email protected]

3 respostas a “Aline Barros lança linha de Cosméticos: Petite Princesse Aline Barros”

  1. Sou admiradora de Aline Barros desde o início de sua carreira, embora pertença a outra linha religiosa (católica). Minhas sobrinhas possuem diversos CDs e DVDs da cantora. A caçula, de apenas 5 anos, nem consegue ainda pronunciar corretamente o sobrenome de Aline, chamando – a de “Aline Bargos”, mas já declara sua simpatia por ela, tendo como música favorita “Tudo é Teu”. A contribuição de Aline Barros para a música cristã (independentemente de denominação) é inquestionável,sendo, de longe, a cantora brasileira mais conhecida do meio gospel na atualidade. Entretanto, devo confessar que tenho certa preocupação com esse tipo de iniciativa, onde associamos a figura de um cantor de estilo religioso a outros fins que não puramente evangelizadores. A venda de produtos de natureza cristã, como livros, CDs e DVDs, em minha opinião, é válida, já que o objetivo é evangelizar através da música e da literatura, utilizando os meios de comunicação modernamente conhecidos em nossa sociedade.Entretanto, a associação do cantor cristão a outros tipos de produto, que não possuem, em sua essência, finalidade absolutamente evangelizadora, é perigosa, pois o comércio deixa de ser um meio para atingir o fim maior, que é Cristo, tornando-se fim em si mesmo.É preciso lembrar que o lucro obtido com essas vendas não provém de motivações religiosas, visto que aqueles que compram tais artigos não o fazem porque buscam a Cristo, mas sim porque desejam obter determinado produto no mercado. É comum vermos na mídia pessoas famosas que lançam grifes de cosméticos e artigos esportivos para a venda. Geralmente, são artistas ou atletas, que aproveitam a aceitação de sua imagem junto ao público para obter ganhos financeiros.Acredito que tal atitude seja lícita, desde que essa comercialização seja pautada pelos ditames da ética e do respeito às leis do país. Todavia, o cantor cristão possui (ou pelo memos deveria possuir) motivações absolutamente diferentes do artista secular. Enquanto que o segundo visa à fama e ao sucesso para fins particulares, o primeiro anseia que o seu trabalho seja conhecido para que Jesus (o centro e verdadeiro artista de nossa vida) se torne famoso e amado pelas pessoas que admiram aquele cantor.Não quero aqui fazer uma crítica pessoal à Aline por essa idéia, até porque é muito cedo para analisar os frutos que virão dessa iniciativa. Apenas gostaria de fazer uma pequena reflexão sobre o verdadeiro papel do cantor cristão na sociedade. Em minha humilde opinião, se um cantor declara ter propósitos religiosos dentro do mercado, acredito que deva vincular sua imagem apenas a produtos que se destinem expressamente a esse fim. Torço, porém, para que Aline seja bem-sucedida em sua empreitada e que, acima de tudo, não se desvie de seu verdadeiro objetivo. Tentações não faltarão. Paz e bem!!!

  2. Ana, boa noite. Desculpe mas discordo da sua opiniao.
    Aline Barros tem seu caminho muito bem traçado, mas é humana como eu e você, vive no mesmo mundo que nós e um mundo capitalista, por isso precisa se sustentar. Inicialmente me assustei com o projeto, mas o Senhor sabe o porquê ela está abrindo este segmento.E tenha certeza que se ela estiver se disvirtuando, o Senhor saberá.
    Beijos Aline. Boa sorte.

  3. Olá, Marines. Estava passando hoje aqui pelo site e vi seu comentário. Querida, você não precisa se desculpar por discordar de mim, pois, afinal, vivemos numa democracia e todos têm direito de ter sua opinião. Aliás,como eu disse acima, ainda é muito cedo para analisar os frutos que essa iniciativa de Aline Barros vai trazer para a vida dela e dos que a admiram. Eu apenas sou um pouco mais conservadora do que alguns nessas questões de fé. Não me agradam as misturas entre aquilo que é próprio de Deus (de natureza divina) e aquilo que é próprio do homem (de natureza laica ou secular),especialmente quando questões financeiras estão envolvidas. Não estou afirmando, entretanto,que Aline cederá às tentações que estão por vir. Eu apenas disse que elas virão. Quero deixar claro, porém, que mesmo não simpatizando muito com a idéia, torço por Aline sempre e continuarei sendo sua admiradora. Adorei ler sua opinião, apesar de ser contrária à minha, pois mostra o quanto pessoas cristãs podem pensar de maneira diferente sobre um mesmo tema sem que, necessariamente, uma esteja errada e a outra certa.Um abraço fraterno para você. Paz em bem !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *