CD Hasta Tocar el Cielo; Eyshila

CD Hasta Tocar el Cielo; Eyshila

  1. Jehová Raá
  2. Habla conmigo
  3. Eres adorado – participação especial PG
  4. El Dios que amo
  5. Hasta tocar el cielo
  6. Terremoto
  7. Por la santidad de Dios
  8. Santo Espiritu
  9. Lluvia de poder
  10. Ante tu altar

Primeiro CD de Eyshila em espanhol vem cotando expectativa entre os que curtem nossa musica sendo espandida noutros territórios. Mas sempre foi: graça e talento – Eyshila nasceu num lar cristão, por isso aquela frase que diz: “talento vem de berço”, se aplica perfeitamente em sua vida. Com as influências do pai evangelista e da mãe cantora, Eyshila uniu a Palavra de Deus à música e abraçou o ministério de louvor.

Hoje, figura como uma das mais importantes cantoras gospel, com cinco CD’s solos e uma coletânea gravados pela MK e outros com o grupo Voices, onde exercita os vários dons que Deus lhe deu. Além de cantar (no grupo faz soprano e contralto), prepara os arranjos e também ensaia o Voices.

Em seus dez anos de ministério ela lançou, pela MK, seis CDs. O primeiro, de 1997, foi Tira-me do Vale; em 1999, chegou o álbum Mais Doce que o Mel; dois anos depois, a cantora gravou Deus Proverá. Na Casa de Deus, lançado em 2003, rendeu-lhe seu primeiro Disco de Ouro, pelas mais de 100 mil cópias vendidas. Terremoto, seu penúltimo lançamento, foi indicado ao Grammy Latino 2005, na categoria Melhor Álbum de Música Cristã em Língua Portuguesa. Em 2006 chegou ao mecado o CD e o DVD Eyshila Collection.

Eyshila começou a cantar bem pequenininha, nos cultos domésticos que seus pais realizavam. Depois ingressou em corais infantis e passou a se apresentar em igrejas. Aos nove anos já estudava piano, mas teve de abandonar. “Não tinha condições de comprar um piano para treinar em casa, então resolvi estudar violão”, conta. Na sua inicialização musical, Eyshila teve duas pessoas de grande influência: o irmão Rael e a irmã Berta. Os dois eram regentes do coral formado por mais de 100 crianças, do qual a cantora participou como solista e organista.

A cada passo Deus só fazia confirmar sua vontade para a vida de Eyshila. Tanto que aos 15 anos, ainda adolescente, foi convidada a fazer parte do grupo Altos Louvores, onde ficou por sete anos. “Fiz parte de quase todas as gerações do Altos Louvores, onde tive o privilégio de cantar com Sérgio Lopes, Diógenes Marques, Léa Mendonça, Marquinhos Gomes, Jeferson Monteiro e muito outros. Fico feliz por ter feito parte da história do grupo e por tê-lo como parte da minha vida”, conta. Guanguegospel

CD Hasta Tocar el Cielo; Eyshila

Daí para a carreira solo foi um pulinho… “Eu nuca tive pretensão alguma de gravar. Para ser sincera, sempre fui muito tímida e tremia só de pensar em cantar para muita gente. Essa barreira venci durante os anos que passei nos Altos Louvores. Sei que quando estamos no centro da vontade de Deus as coisas fluem”, explica.

A cantora Eyshila – que é soprano e tem uma ótima extensão vocal – segue uma tendência pop/romântica, apesar de ser membro de uma igreja pentecostal (Assembléia de Deus da Penha/RJ). Tanto que a primeira canção sua a se destacar foi “Tira-me do vale”, que tem veia romântica e letra reflexiva. Mas o que move essa jovem intérprete não é a variedade de ritmos que ela poderia (e pode) perfeitamente entoar, mas sim a direção de Deus e seu imenso desejo de louvá-lo.

Dica Lista.

Aproveite, Curta e Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *