Como Mandar um Email aos Senadores, Homofobia, PL122

Modelo de Carta: Como Mandar um Email aos Senadores, Lei Homofobia, PL122, Silas Malafaia, Senado, Câmera dos Deputados e Marta Suplicy. Hoje o povo de Deus tem enfrentado alguns problemas relacionados as leis da homofobia. Fato que inclusive tem despertados pastores como Silas Malafaia com afim de se projetar contra episódio como esse.

Desse modo, vários portais na Rede tem seguido o conselho do pastor Silas Malafaia levando seus usuários a encaminhas emails contrários a este manifesto de leio.


No Brasil, Os Senadores têm a responsabilidade de zelar pelos direitos constitucionais do povo, julgar o Presidente da República e analisar e votar projetos de lei, entre outras atividades.

Cada Estado e o Distrito Federal elegem três Senadores, com um mandato de oito anos, renovando-se a representação de quatro em quatro anos, alternadamente, por um e dois terços.

Cada Senador é eleito com dois suplentes, registrado na sua chapa, que o substitui na ordem de registro. No Brasil, só podem ser eleitos os que possuírem 35 anos ou mais. Quando elegemos um Senador, damos a ele a legalidade constitucional para fazer as leis que conseqüentemente vão gerir e administrar a sociedade.


Em um dos portais que sempre acompanho, o Holofote Net, que ´pe justamente um portal que traz uma ótica cristã das questões seculares, reparei um ótimo modelo de carta aos Senadores, abaixo segue na integra:

Excelentíssimo Senador da Republica,

Sou cidadão(ã) brasileiro(a) e tenho os senhores por legítimos representantes do povo deste país no poder legislativo. A Comissão de Direitos Humanos do Senado está prestes a votar sobre o PLC 122, sobre o qual os senhores deverão posteriormente votar em plenário.

Por meio desta mensagem quero deixar a minha opinião. Creio que todo o cidadão deve ser protegido pela força da lei e de nossa Constituição Federal e que nenhum cidadão ou estrangeiro deve ser discriminado. Isto é o que mantém o estado de direito e faz com que tenhamos, de fato, um pais livre, em todas as necessárias liberdades, inclusive a liberdade de expressão. O artigo 5º de nossa constituição já garante isto:

“Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
(…)

VI – é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias;
VII – é assegurada, nos termos da lei, a prestação de assistência religiosa nas entidades civis e militares de internação coletiva;
VIII – ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;”

A questão é que o proposto PLC 122 fere a nossa Constituição e o direito da liberdade de expressão e cria uma classe especial de cidadãos. Em que pese o fato de nosso estado ser laico, a liberdade religiosa no Brasil é protegida e faz parte do nascedouro da nossa nação. O PL 122 é uma ameaça a liberdade religiosa, à liberdade de consciência e à liberdade de expressão.

Assim, solicito, apesar das muitas funções e atividades, que este projeto seja objeto de sua especial atenção e apreciação. O povo brasileiro deve ser devidamente representado e considerado e não simplesmente um lobby de minoria que pretende calar a boca daqueles que não concordam com sua postura, ainda que respeitem seus direitos como cidadãos.

Atenciosamente,
(Coloque aqui seu nome)
RG: (o número de seu rg)

Até!

17 respostas a “Como Mandar um Email aos Senadores, Homofobia, PL122”

  1. Boa Tarde! Assino e dou fé.

    Excelentíssimo Senador da Republica,

    Sou cidadão(ã) brasileiro(a) e tenho os senhores por legítimos representantes do povo deste país no poder legislativo. A Comissão de Direitos Humanos do Senado está prestes a votar sobre o PLC 122, sobre o qual os senhores deverão posteriormente votar em plenário.

    Por meio desta mensagem quero deixar a minha opinião. Creio que todo o cidadão deve ser protegido pela força da lei e de nossa Constituição Federal e que nenhum cidadão ou estrangeiro deve ser discriminado. Isto é o que mantém o estado de direito e faz com que tenhamos, de fato, um pais livre, em todas as necessárias liberdades, inclusive a liberdade de expressão. O artigo 5º de nossa constituição já garante isto:

    “Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
    (…)

    VI – é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias;
    VII – é assegurada, nos termos da lei, a prestação de assistência religiosa nas entidades civis e militares de internação coletiva;
    VIII – ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;”

    A questão é que o proposto PLC 122 fere a nossa Constituição e o direito da liberdade de expressão e cria uma classe especial de cidadãos. Em que pese o fato de nosso estado ser laico, a liberdade religiosa no Brasil é protegida e faz parte do nascedouro da nossa nação. O PL 122 é uma ameaça a liberdade religiosa, à liberdade de consciência e à liberdade de expressão.

    Assim, solicito, apesar das muitas funções e atividades, que este projeto seja objeto de sua especial atenção e apreciação. O povo brasileiro deve ser devidamente representado e considerado e não simplesmente um lobby de minoria que pretende calar a boca daqueles que não concordam com sua postura, ainda que respeitem seus direitos como cidadãos.

    Atenciosamente,
    (Francisco wellington de Freitas)
    RG: (210037191)

  2. Excelentíssimo Senador da Republica,

    Sou cidadão(ã) brasileiro(a) e tenho os senhores por legítimos representantes do povo deste país no poder legislativo. A Comissão de Direitos Humanos do Senado está prestes a votar sobre o PLC 122, sobre o qual os senhores deverão posteriormente votar em plenário.

    Por meio desta mensagem quero deixar a minha opinião. Creio que todo o cidadão deve ser protegido pela força da lei e de nossa Constituição Federal e que nenhum cidadão ou estrangeiro deve ser discriminado. Isto é o que mantém o estado de direito e faz com que tenhamos, de fato, um pais livre, em todas as necessárias liberdades, inclusive a liberdade de expressão. O artigo 5º de nossa constituição já garante isto:

    “Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
    (…)

    VI – é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias;
    VII – é assegurada, nos termos da lei, a prestação de assistência religiosa nas entidades civis e militares de internação coletiva;
    VIII – ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;”

    A questão é que o proposto PLC 122 fere a nossa Constituição e o direito da liberdade de expressão e cria uma classe especial de cidadãos. Em que pese o fato de nosso estado ser laico, a liberdade religiosa no Brasil é protegida e faz parte do nascedouro da nossa nação. O PL 122 é uma ameaça a liberdade religiosa, à liberdade de consciência e à liberdade de expressão.

    Assim, solicito, apesar das muitas funções e atividades, que este projeto seja objeto de sua especial atenção e apreciação. O povo brasileiro deve ser devidamente representado e considerado e não simplesmente um lobby de minoria que pretende calar a boca daqueles que não concordam com sua postura, ainda que respeitem seus direitos como cidadãos.

    Atenciosamente,
    (Coloque aqui seu nome)
    RG: (o número de seu rg)

    http : //www.youtube.com/watch?feature=player _embedded&v=eGuRXeAOyG4

    Até!

    O que os senadores precisam lutar é contra violência, preconceito, fome, miséria, criminalidade. Para que os direitos dos homens e mulheres, independentemente de sua opção sexual, seja respeitados. Não precisamos de mais leis, o que realmente nosso país precisa é de as leis existentes sejam de fatos respeitadas e aplicadas de forma igualitária. Ou será que os homossexuais são mais cidãdão do que os héteros. Isso é deploravél. Falta realmente esses senadores visitarem melhor as regiões que vivem em situação de pobreza do nosso país. E principalmente se comover com quem morre todos os dias sem atendimento médico, por bala perdida, vitimas de qualquer tipo de violência. Deus não permita que essa palhaçada aconteça!

  3. Excelentíssimo Senador da Republica,

    Sou cidadão(ã) brasileiro(a) e tenho os senhores por legítimos representantes do povo deste país no poder legislativo. A Comissão de Direitos Humanos do Senado está prestes a votar sobre o PLC 122, sobre o qual os senhores deverão posteriormente votar em plenário.

    Por meio desta mensagem quero deixar a minha opinião. Creio que todo o cidadão deve ser protegido pela força da lei e de nossa Constituição Federal e que nenhum cidadão ou estrangeiro deve ser discriminado. Isto é o que mantém o estado de direito e faz com que tenhamos, de fato, um pais livre, em todas as necessárias liberdades, inclusive a liberdade de expressão. O artigo 5º de nossa constituição já garante isto:

    “Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
    (…)

    VI – é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias;
    VII – é assegurada, nos termos da lei, a prestação de assistência religiosa nas entidades civis e militares de internação coletiva;
    VIII – ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;”

    A questão é que o proposto PLC 122 fere a nossa Constituição e o direito da liberdade de expressão e cria uma classe especial de cidadãos. Em que pese o fato de nosso estado ser laico, a liberdade religiosa no Brasil é protegida e faz parte do nascedouro da nossa nação. O PL 122 é uma ameaça a liberdade religiosa, à liberdade de consciência e à liberdade de expressão.

    Assim, solicito, apesar das muitas funções e atividades, que este projeto seja objeto de sua especial atenção e apreciação. O povo brasileiro deve ser devidamente representado e considerado e não simplesmente um lobby de minoria que pretende calar a boca daqueles que não concordam com sua postura, ainda que respeitem seus direitos como cidadãos.E COMO CIDADÃO BRASILEIRO APROVEITO O ESPAÇO PARA DEIXAR AQUI NESTA MENSAGEM ELETROINICA,O MEU REPÚDIO A MINHA REVOLTA E A MINHA INDIGNAÇÃO REFERENTE AO PL- 122, UMA LEI ABSURDA VERGONHOSA Q VCS REPRESENTANTES DO POVO DEVEM PRIORIZAR A FAMÍLIA COMO SENDO A BASE DA SOCIEDADE,Q O CIDADÃO TENHA A LIBERDADE DE EXPRESSÃO E TMBÉM E A LIBERDADE RELIGIOSA.ESPERO QUE OS SENHORES SENADORES VOTEM CONTRA A PL 122,SEM MAIS PARA O MOMENTO FICA AQUI A MINHA OPNIÃO

    1. Como um cidadão de família, tambem não aceito este tipode imposiçao, que o pl-122,tenta impo a nós cidadõe brasileiros. Tambem espero que o congresso e ois sendadores votem contra esta arbitrariedae.

  4. Venho respeitosamente pedir aos senhores senadores que votem contra essa lei PL 122 que desrespeita a família brasileira. Que vai contra até a própria constituição já existente quando se refere a família

  5. Sou cidadão que acredita, que a família deve ser respeita da. Sou completamente contra esta lei que quer impor ao brasileiros, que tem livre arbitrio. Esta lei é a do pl-122. Sou contra. Nós brasileiro de família temos direito de liberdade de expressão. Estão querendo criar uma ditadura gay. isso é inaceitável.

  6. Essa lei é criminosa e é o 1º passo para imitar as praticas sociais da Roma antiga e também da Grécia antiga governada por Alexandre Magno. Onde essas nações estavam diminuindo a população e as familias estavam encolhendo por causa das escolhas dos homens e mulheres que viviam libertinosamente com suas vaidades e práticas loucas, desvirtuando as tradições e atrapalhando o progresso da nação com influencias erradas que resultavam em ensinamentos sujos e hábitos feios com praticas de orgias e bacanais, também fazendo com que na estrura política desses Paises ficassem contaminados com autoridades que apoiavam essas praticas imundas. Se essa lei fosse aprovada a 1ª instutuição a ser afetada e danificada seria a Família em toda a nação, isso causaria uma esculhambação e desordem geral em muitos lares e em todos os meios sociais seja da classe A, B, C, D e se tiver mais alguma. A verdade é: Pelo que a Biblía nos ensina la em Mateus cap. 24 isso iria acontecer mesmo, mas A Igreja de Jesus Cristo deve se levantar para impedir esse avanço do inferno, para que a mão de Deus não venha a ferir a terra por causa do pecado. O pecado quando se multiplica e se torna banal e fica sem controle, esse mesmo pecado pede do céu Juizo e Deus não pode evitar, Deus é Amor mas também é justiça. Não vamos esquecer o que aconteceu com Sodoma e Gomorra. O significado de Sodoma é: “Ser queimado” e o significado de Gomorra é: “Ser arruinado”. Fiquem na Paz do Senhor Jesus Amem !!!

  7. Excelentíssimo Senador da Republica,

    Sou cidadão(ã) brasileiro(a) e tenho os senhores por legítimos representantes do povo deste país no poder legislativo. A Comissão de Direitos Humanos do Senado está prestes a votar sobre o PLC 122, sobre o qual os senhores deverão posteriormente votar em plenário.

    Por meio desta mensagem quero deixar a minha opinião. Creio que todo o cidadão deve ser protegido pela força da lei e de nossa Constituição Federal e que nenhum cidadão ou estrangeiro deve ser discriminado. Isto é o que mantém o estado de direito e faz com que tenhamos, de fato, um pais livre, em todas as necessárias liberdades, inclusive a liberdade de expressão. O artigo 5º de nossa constituição já garante isto:

    “Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
    (…)

    VI – é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias;
    VII – é assegurada, nos termos da lei, a prestação de assistência religiosa nas entidades civis e militares de internação coletiva;
    VIII – ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;”

    A questão é que o proposto PLC 122 fere a nossa Constituição e o direito da liberdade de expressão e cria uma classe especial de cidadãos. Em que pese o fato de nosso estado ser laico, a liberdade religiosa no Brasil é protegida e faz parte do nascedouro da nossa nação. O PL 122 é uma ameaça a liberdade religiosa, à liberdade de consciência e à liberdade de expressão.

    Assim, solicito, apesar das muitas funções e atividades, que este projeto seja objeto de sua especial atenção e apreciação. O povo brasileiro deve ser devidamente representado e considerado e não simplesmente um lobby de minoria que pretende calar a boca daqueles que não concordam com sua postura, ainda que respeitem seus direitos como cidadãos.

    Atenciosamente,
    (Geraldina Ferreira Vieira)
    RG: (713/081)

  8. Como Mandar um Email aos Senadores, Homofobia, PL122
    Modelo de Carta: Como Mandar um Email aos Senadores, Lei Homofobia, PL122, Silas Malafaia, Senado, Câmera dos Deputados e Marta Suplicy. Hoje o povo de Deus tem enfrentado alguns problemas relacionados as leis da homofobia. Fato que inclusive tem despertados pastores como Silas Malafaia com afim de se projetar contra episódio como esse.

    Desse modo, vários portais na Rede tem seguido o conselho do pastor Silas Malafaia levando seus usuários a encaminhas emails contrários a este manifesto de leio.

    No Brasil, Os Senadores têm a responsabilidade de zelar pelos direitos constitucionais do povo, julgar o Presidente da República e analisar e votar projetos de lei, entre outras atividades.

    Cada Estado e o Distrito Federal elegem três Senadores, com um mandato de oito anos, renovando-se a representação de quatro em quatro anos, alternadamente, por um e dois terços.

    Cada Senador é eleito com dois suplentes, registrado na sua chapa, que o substitui na ordem de registro. No Brasil, só podem ser eleitos os que possuírem 35 anos ou mais. Quando elegemos um Senador, damos a ele a legalidade constitucional para fazer as leis que conseqüentemente vão gerir e administrar a sociedade.

    Em um dos portais que sempre acompanho, o Holofote Net, que ´pe justamente um portal que traz uma ótica cristã das questões seculares, reparei um ótimo modelo de carta aos Senadores, abaixo segue na integra:

    Excelentíssimo Senador da Republica,

    Sou cidadão(ã) brasileiro(a) e tenho os senhores por legítimos representantes do povo deste país no poder legislativo. A Comissão de Direitos Humanos do Senado está prestes a votar sobre o PLC 122, sobre o qual os senhores deverão posteriormente votar em plenário.

    Por meio desta mensagem quero deixar a minha opinião. Creio que todo o cidadão deve ser protegido pela força da lei e de nossa Constituição Federal e que nenhum cidadão ou estrangeiro deve ser discriminado. Isto é o que mantém o estado de direito e faz com que tenhamos, de fato, um pais livre, em todas as necessárias liberdades, inclusive a liberdade de expressão. O artigo 5º de nossa constituição já garante isto:

    “Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
    (…)

    VI – é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias;
    VII – é assegurada, nos termos da lei, a prestação de assistência religiosa nas entidades civis e militares de internação coletiva;
    VIII – ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;”

    A questão é que o proposto PLC 122 fere a nossa Constituição e o direito da liberdade de expressão e cria uma classe especial de cidadãos. Em que pese o fato de nosso estado ser laico, a liberdade religiosa no Brasil é protegida e faz parte do nascedouro da nossa nação. O PL 122 é uma ameaça a liberdade religiosa, à liberdade de consciência e à liberdade de expressão.

    Assim, solicito, apesar das muitas funções e atividades, que este projeto seja objeto de sua especial atenção e apreciação. O povo brasileiro deve ser devidamente representado e considerado e não simplesmente um lobby de minoria que pretende calar a boca daqueles que não concordam com sua postura, ainda que respeitem seus direitos como cidadãos.

    Atenciosamente,
    (Reginaldo Pereira de Souza)
    RG: ()

  9. EU SOU CONTRA ESSA LEI PL 122, POIS ISSO É UMA POCA VERGONHA PRA ESSA SOCIEDADE QUE SE DIZ CRISTÃ, PRIMEIRO TEM QUE LER A BIBLIA PARA DEPOIS ETENDER O PROPÓSITO DE DEUS PARA Á FAMILIA CRIADA POR ELE (DEUS).

  10. Excelentíssimo Senador da Republica,
    Sou cidadão brasileiro e tenho os senhores por legítimos representantes do povo deste país no poder legislativo. Exerço a função de (coloque aqui sua função). A Comissão de Direitos Humanos do Senado está prestes a votar sobre o PLC 122, sobre o qual os senhores deverão posteriormente votar em plenário.
    Por meio desta mensagem quero deixar a minha opinião. Creio que todo o cidadão deve ser protegido pela força da lei e de nossa Constituição Federal e que nenhum cidadão ou estrangeiro deve ser discriminado. Isto é o que mantém o estado de direito e faz com que tenhamos, de fato, um pais livre, em todas as necessárias liberdades, inclusive a liberdade de expressão. O artigo 5º de nossa constituição já garante isto:
    “Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
    (…)
    VI – é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias;
    VII – é assegurada, nos termos da lei, a prestação de assistência religiosa nas entidades civis e militares de internação coletiva;
    VIII – ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;”
    A questão é que o proposto PLC 122 fere a nossa Constituição e o direito da liberdade de expressão e cria uma classe especial de cidadãos. Em que pese o fato de nosso estado ser laico, a liberdade religiosa no Brasil é protegida e faz parte do nascedouro da nossa nação. O PL 122 é uma ameaça a liberdade religiosa, à liberdade de consciência e à liberdade de expressão.
    Assim, solicito, apesar das muitas funções e atividades, que este projeto seja objeto de sua especial atenção e apreciação. O povo brasileiro deve ser devidamente representado e considerado e não simplesmente um lobby de minoria que pretende calar a boca daqueles que não concordam com sua postura, ainda que respeitem seus direitos como cidadãos.
    Atenciosamente
    Marileia Mendonça Jacinto
    RG:774 694

  11. Excelentíssimo Senador da Republica,
    Sou cidadã brasileira e tenho os senhores por legítimos representantes do povo deste país no poder legislativo. A Comissão de Direitos Humanos do Senado está prestes a votar sobre o PLC 122, sobre o qual os senhores deverão posteriormente votar em plenário.
    Por meio desta mensagem quero deixar a minha opinião. Creio que todo o cidadão deve ser protegido pela força da lei e de nossa Constituição Federal e que nenhum cidadão ou estrangeiro deve ser discriminado. Isto é o que mantém o estado de direito e faz com que tenhamos, de fato, um pais livre, em todas as necessárias liberdades, inclusive a liberdade de expressão. O artigo 5º de nossa constituição já garante isto:
    “Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
    (…)
    VI – é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias;
    VII – é assegurada, nos termos da lei, a prestação de assistência religiosa nas entidades civis e militares de internação coletiva;
    VIII – ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;”
    A questão é que o proposto PLC 122 fere a nossa Constituição e o direito da liberdade de expressão e cria uma classe especial de cidadãos. Em que pese o fato de nosso estado ser laico, a liberdade religiosa no Brasil é protegida e faz parte do nascedouro da nossa nação. O PL 122 é uma ameaça a liberdade religiosa, à liberdade de consciência e à liberdade de expressão.
    Assim, solicito, apesar das muitas funções e atividades, que este projeto seja objeto de sua especial atenção e apreciação. O povo brasileiro deve ser devidamente representado e considerado e não simplesmente um lobby de minoria que pretende calar a boca daqueles que não concordam com sua postura, ainda que respeitem seus direitos como cidadãos.
    Atenciosamente,
    Maria Angela Vancetto
    RG.8.372.181

  12. GOSTARIA AQUI DEIXAR REGISTRADO MINHA INDIGNAÇÃO EM RELAÇÃO A PL 122. EU CREIO QUE OS PARLAMENTARES TEM MAIS O QUE FAZER,DO QUE ENFIAR GUELA A BAIXO O QUE UMA MINORIA QUER IMPOR A NOSSA SOCIEDADE, POIS EM LUGAR NENHUM DO MUNDO HÁ UMA LEGISLAÇÃO EM PROL DE HOMOSEXUAIS. EU ME ADIMIRO DEPOIS DE TANTA LUTA PARA SE CONSEGUIR A LIBERDADE DE EXPRESSÃO OS SENHORES OS SENHORES SE COLOCAREM A DISPOSIÇÃO DE SE RETEROCEDER EM RELAÇAÕ A NOSSA LIBERDADE DE EXPRESSÃO! SÓ LAMENTO QUE QUE É POR NOSSA CULPA TER ELEGIDO OS SENHORES,PARA NOS APUNHALAR PELAS COSTA DESSA MANEIRA! SENHORES VÃO SE ENVOLVER COM COISAS E ASSUNTOS MAIS SÉRIO,COMO POR EXEMPLO A EDUCAÇÃO…POR FAVOR NÃO VENHA, QUERER COLOCAR NA CABEÇA DE NOSSAS CRIANÇAS QUE HOMOSEXUALISMO É NORMAL. TEM A POBREZA, SALÁRIO DOS SENHORES ALTÍSSIMOS,QUE OS SENHORES RECEBEM PARA NOS APUNHALAR PELAS COSTAS,A CORRUPÇÃO DOS NOSSOS POLITICOS, POLICIAIS QUE SÃO PAGOS PARA NOS PROTEGER E HOJE ESTÃO NA RUA ROUBANDO CAIXA ELETRÔNICOS,SEQUESTRANDO E MATANDO PESSOAS DE BEM, ASSASINATOS DE GENTE QUE PROTEGE A NOSSA AMAZÔNIA…ENFIM NÃO PRECISO DIZER QUAL É O DEVER DE VOCÊS. SINCERAMENTE ESTOU DECEPICIONADA COM ESSE GOVERNO. PENSEI QUE IRÍAMOS AVANÇAR E NÃO RETROCEDER!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *