Datena sofre condenação e é tido como homofóbico – Band

PL 122 foi muito discutida entre os evangélicos ao ponto de a termos como a Lei da “mordaça gay”. A Pl 122 ainda puni um pastor ou qualquer um que condenar a pratica homossexual de maneira desrespeitosa podendo ir para a cadeia.

Com aprovações e tramites políticos a parte, certo é que grupos homossexuais vem ganhando foças. Isso porque eles não aceitam serem descordados, assim como discordamos dos que roubam, usam drogas e matam. Para eles, qualquer comentário contrario, somos tachados preconceituosos, homo fóbicos.

O caso com o jornalista José Luiz Datena se assemelha aqui. Ele acaba de ser condenado pela Secretaria de Justiça de São Paulo no processo que é movido contra ele por “discriminação homo fóbica”. O órgão decidiu punir o apresentador do “Brasil Urgente” com uma advertência.

O processo contra Datena é movido pela Defensoria Pública, que já informou que vai recorrer da decisão da Secretaria de Justiça e solicitar que o jornalista seja multado em R$ 246 mil.

A disputa judicial entre a defensoria e Datena teve início após o apresentador da Band se referir a um travesti que estava envolvido em uma agressão, e que chegou a empurrar o cinegrafista da emissora, de “travecão butinudo”. Porém, o apresentador afirma que não houve discriminação e que simplesmente comentou a briga.

“Não houve discriminação. Falei sobre a agressão e não sobre a opção sexual da pessoa”, disse Datena, em entrevista à coluna de Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo.

Fique por dentro!

1 resposta a “Datena sofre condenação e é tido como homofóbico – Band”

  1. è Datena vivemos em um país onde somos jugados por falar ou ate ficarmos calados. Deus estar com vc e muitos serao contra ti. boa sorte, bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *