Igrejinha Humilde; Mara Lima – Letra

Igrejinha Humilde; Mara Lima

Pela manhã acordo bem cedinho
Pego a Bíblia e também o violão
No horizonte o sol já se despontado
E os pássaros cantando, fazendo festa no meu serão

É domingo dia de adoração
E pelo caminho cantarolando uma canção
Quando da igreja vou me aproximando
Ouço o barulho de glória Deus que
linda unção
Igreja simples, chão batido, casa humilde
Mas ali nunca faltava o amor e a comunhão
Hoje tudo está tão diferente
não é como antigamente, que
saudade dos irmãos
Casinha velha, estrutura de madeira,
cobertura de esteira,
feita de barro e capim
Pode ter algo mais bonito neste mundo
Por ti tenho amor profundo, e jamais vou te esquecer
Casinha velha que já foi apedrejada, tu és igreja
amada
aonde Cristo me salvou
Casinha velha sem calçada sem varanda
casinha humilde só saudades que restou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *