Luan Santana grava Campeão de Jamily, Musica Gospel

Luan Santana Gospel. Musica Conquistando o Impossível no CD/DVD de Luan Santana.  Muito se sabe de Luan Santana. Talvez seja uma das personalidades mais comentadas no meio sertanejo na atualidade. Pelo menos até o fim do ano passado seu Show era o mais caro do país, conjecutura-se que seria cobrado mais de 300.000 por apresentação.

  • Fato é que ele lançou seu segundo álbum ao vivo foi gravado em dezembro de 2010 na HSBC Arena no Rio de Janeiro e que esta sendo lançado em 2011.

O primeiro single foi “Adrenalina”, canção que atingiu a primeira posição na parada da Billboard Brasil. O segundo single foi “Química do Amor” com a participação de Ivete Sangalo.

  • No entando a novidade é uma canção Gospel em seu repertorio. O cantor de sertanejo universitário gravou a música da cantora Jamily “Conquistando o Impossível”.

A música, “Campeão”, como é popularmente conhecida, fez parte da trilha sonora do filme “Flordelis – Basta uma Palavra para Mudar” na voz de Beno e Solange Cesar. O tempo vai dizer como será a repercussão de seu trabalho mesclado a uma melodia evangélica inserido num contexto tão diferente.

E você, o que acha?

3 respostas a “Luan Santana grava Campeão de Jamily, Musica Gospel”

  1. Realmente, é interessante essa atual tendência que estamos vendo dentro do meio secular, por parte de alguns cantores famosos,no sentido de gravar músicas cristãs, mesclando-as com outras vertentes musicais em seus trabalhos. Não é a primeira vez, porém, que o cantor Luan Santana se utiliza desse artifício. Há mais ou menos dois anos, ele regravou a música “Amigos Pela Fé”, da banda católica Anjos de Resgate e fez muito sucesso no site “youtube”, sendo uma das canções mais procuradas. Ainda não sei bem o que pensar sobre isso. É óbvio que a divulgação de uma música de conteúdo cristão por um artista secular é sempre bem-vinda, porque aumenta consideravelmente as chances de fazê-la conhecida, alcançando pessoas que, de outra forma, provavelmente jamais teriam a oportunidade de ouvir esse tipo de canção e, quem sabe, até serem evangelizadas. Entretanto, a mistura entre o profano e o santo pode ser perigosa, principalmente quando o cantor não aproveita adequadamente a oportunidade de falar de Deus por meio da canção, seja através de um show, ou mesmo programas de rádio e tv onde venha a se apresentar. E isso, sejamos francos, ocorre com muita frequência.A maioria das músicas têm sido gravadas, mas não pregadas, o que é realmente uma pena… Há ainda que se considerar o risco de banalizar a canção e torná-la apenas mais uma dentro do repertório do artista. Além disso, nunca podemos aferir o que se passa no coração desses cantores. Não é possível saber se o objetivo da regravação é realmente falar do amor de Deus ou apenas ganhar dinheiro, já que esse estilo musical está crescendo de maneira assustadora no mercado atual e rendendo lucros consideráveis às gravadoras e aos artistas. De qualquer forma, cabe a Deus julgar. Resta-nos orar para que vidas sejam, de fato, alcançadas por essa iniciativa. Paz e bem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *