Meu Amigão do Peito; Ludmila Ferber – Letra

Meu Amigão do Peito; Ludmila Ferber

Do alto de Sua morada
O Senhor rega os montes
Ele faz crescer a relva para os animais
Os pastos são para as ovelhinhas
E para a gente descansar
É Ele quem faz cada florzinha
E Quem faz o passarinho voar

Do alto de Sua morada
O Senhor procura bem
Procura pra ver se acha
Um coração que queira ser
O Seu amigão do peito
Um coração que seja desse jeito:
Não mente, não faz maldade
Mas é amoroso e obediente

Senhor, eu quero ter um coração
Cheio de amor e obediente
Não quero fazer maldade e nem quero mentir
Senhor, eu quero ter um coração
Que saiba como Te louvar
Que saiba como Te servir e como amar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *