Mulher de Bolsonaro é crente; Conheça a Evangélica Michelle Bolsonaro

Mulher de Bolsonaro é crente; Conheça a Evangélica Michelle Bolsonaro. Pela primeira vez o Brasil terá a oportunidade de ter como `Primeira-Dama’ uma serva do Senhor. Michelle Bolsonaro é abertamente evangélica. Casada desde 2008, a irmã Michelle, ao que tudo indica, teve parte de sua formação espiritual aos pés do Pastor Silas Malafaia quando se congregava na Assembleia de Deus Vitória em Cristo.

Ja tive oportunidade de me congregar em reuniões onde Jair Bolsonaro fez presença. É possível identificar traços cristãos em sua fala, como também nas palavras daqueles que falam por ele. Sem duvida alguma parte dessa aproximação com a comunidade evangélica se dá exatamente por ter ao seu lado, uma esposa evangélica. Tanto é fato que o próprio já afirmou frequentar a igreja evangélica por causa da mulher.

 

Mulher de Bolsonaro é crente; Conheça a Evangélica Michelle Bolsonaro

Apesar dos anos de união desde 2008, a cerimônia religiosa foi realizada em 2013 tendo por oficiante o pastor Silas Malafaia… Desde então, nao raro temos a oportunidade de ver o Pastor sair em defesa de Bolsonaro, principalmente na candidatura desde ano.

De personalidade serena. Simplicidade no olhar e com um traço marcante e cristão, Michelle segue, em grande parte, em silencio enquanto Jair, agora Presidente Eleito, reverbera suas declarações em tons mais audíveis e preponderante. 27 anos mais nova que Jair, por ser quem é, não resta duvidas de quem tem muito a acrescentar como Primeira-Dama. O capitão da reserva, já com seus 63 anos e ela, 36, inauguraram o seus 11 anos de relação tendo como cadeira, o posto mais alto da Federação.

Michele Bolsonaro é mãe de Letícia Aguiar (de outro relacionamento), de 16 anos; ao lado de Jair, os dois são pais de Laura, 8 anos. Hoje ela possui diversos trabalhos ligados a Igreja Batista Atitude, na Zona Oeste do Rio. Lá, faz ou fazia parte de um Ministério exclusivo com surdos enquanto interpretava libras nas reuniões oficiais da Igreja sempre cultos aos domingos.

Sobre ela Malafaia afirma: “não é espalhafatosa, nunca gostou de aparecer ou colocar a cara para fora. Nem de se exibir. Ela gosta de trabalhar nos bastidores”.