O Big Bang da Internet e o Mundo Gospel

Sabe, tenho me surpreendido com grandes “Portais” do nosso segmento que disponibilizam em seus sites/blogs noticiados ultrajantes que menosprezam a beleza do Reino de Deus. Ora, é quase que desnecessário dizer que todos almejamos o assédio do publico cristão com nossos artigos. Também não digo ser esse o objetivo de tais portais (não podemos julgar intenções).  Mas temos que tomar cuidado com o que sugerimos em nossos “portais”. A Revista Veja desta semana abordou sobre a Mega Explosão da internet e como ela vem conquistando aderentes e exportando pensamentos e cultura.

Tudo isso é lindo, gostoso e dá-nos um ar de fama e super-aceitação. Não digo ser contente com meus (Cinco Mil Acessos Gerados de Média), mas não pretendo expor aqui fatos desagradáveis em torno do publico que levo a bandeira, pra gozar de aceitação e projetar-me num translado de sucesso e gloria entre “Portais Gospel”. Pretendo servir ao Reino da Melhor maneira que puder – Se não puder – não publico!

Certa vez conversando com um dos blogueiros mais “afamados da Rede” questionei sobre a fama de um suposto artigo que ele estava publicando. Serenamente ele me respondeu: Se o tal artigo não é famoso, entrando no (…….) ele fica famoso. Ora, isso é um fato inegável. Temos esse poder, o da escrita, da persuasão. Agora, precisamos pautar verdades e fatos que enaltecem o Reino de Deus, lembrando sempre que nossas ações serão julgadas pelo Senhor.

Nesse afam de buscarmos o sucesso, às vezes incorremos no erro de sermos imparciais quanto ao fato de trazermos artigos relevantes a fé que professamos e muitas vezes priorizamos àqueles fatos que empobrecem nossa fé, tais como artigos relacionados a Prostituição em Igrejas, Pedofilia de Pastores, Corrupção de Políticos Evangélicos, escândalos de cantores gospel e tantas outras questões que me fazem ter vergonha diante de algumas situações.

No demais, nem precisamos nos preocupar, pois a própria mídia decaída se encarrega de expor essas chagas que andam vestidas de anjos em nosso meio. Mas muitas vezes, com o veículo poderoso que temos, como se não bastasse a avalanche que a mídia popular nos causou, pegamos esses fatos e jogamos guela a baixo de nossos leitores.

Não, não façamos assim. Priorizemos o que Paulo disse em sua carta aos 1 Coríntios 8:13: “Se a comida serve de escândalo a meu irmão, nunca mais comerei carne, para que não venha a escandalizá-lo”

Aproveite, curta e compartilhe!

1 resposta a “O Big Bang da Internet e o Mundo Gospel”

  1. Nao sei pq tanto espanto e alarde com certos tipos de promoçoes escandalosas.Até o presente momento Deus tem me dado sabedoria pra usar a net.Eu a uso pra abençoar,dar testemunhos,ensinar o caminho que leva a Deus.É necessario que venha os escândalos, mas ai daquele pq vem os escândalos.Nao importa se é evangelico ou incredulo,Deus vai pedir conta dos seus atos,aqui ou no futuro.Deus ira julgar os atos de cada um; Esse casal ja esta pagando ou ja pagou com a justiça, senao se converterem a Jesus,vai pro inferno e prestar contas a Deus,e outro sim: tem gente que aproveita pra denegrir a imagem de Deus,da Igreja em si e dos salvos.Pois esta escrito: muitos sao chamados poucos sao os escolhidos.A midia ta ai pra fazer o papel dela que é de:
    escandalizar,protestar,ridicularizar,qdo é de conveniencia,criticar,poucas vezes ajudam a quem precisa.Paulo tbm falou que:Somos iguais se agirmos da mesma forma que o impio,qdo somos coniventes com a situaçao. Jesus esta voltando, prepara-te ó Igreja pra subir no dia do arrebatamento.Deus abençoe a todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *