Poeira da Estrada; Andréa Fontes – Letra

Poeira da Estrada; Andréa Fontes

Um lá ueira, laueira, la-la ueira
O pastor Jesus caminhou na poeira

Debaixo de sol e chuva, na poeira da estrada
Era assim que o Pastor Jesus caminhava
Não media sacrifícios, as vezes até chorava
Por uma ovelha querida que fugisse da malhada
Nessa caminhada um dia foi até Samaria
Esforço dobrado o sol estava a pino,
O calor ardia, naquele lugar uma samaritana o menosprezou
A ela, ele pediu água. Impiedosamente a mulher negou

Quando ela soube que estava diante
Do Dono da fonte da água da vida
De quem poderia matar sua sede e
Dar garantia de vida infinda
Cheia de alegria retornou ao lar,
Chamou os parentes convidou amigos
Queriam que todos matassem a sede
E vissem de perto o Pastor querido

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *