Samuel Câmara na Festa do Centenário da CGADB

Dia 9, quinta-feira, a Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB) realizou no Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, em Belém do Pará, o culto que marca o inicio das comemorações do Centenário das ADs no Brasil. Isso por si só não é novidade – O que é novidade durante as comemorações foi a presença do Pastor Samuel Câmara.

BANNER-CENTENARIO copy.jpg
Relembrando a História: Samuel Câmara assumiu a presidência da Assembléia de Deus em Belém do Pará, em cerimônia realizada no Templo Central, no dia 27 de janeiro de 1997, substituindo o pastor Firmino Anunciação Gouveia.

Em março de 2005 o pastor Samuel Câmara foi eleito 1º vice-presidente da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil.
Em 2007 foi candidato a presidente da CGADB, onde perdeu, em uma disputadíssima eleição.

Sob seu pastorado, a igreja fechou o ano de 2008 com 400 templos, somente dentro de uma limitada área de atuação no município de Belém (a área de atuação da igreja Assembleia de Deus em Belém é de 30 bairros, levando em conta que o município possui mais de 70 bairros, os outros bairros são pastoreados por outros campos, eclesiáticos da Ass. de Deus), cerca de 4.508 batismos em águas, o que totaliza mais de 80 mil membros.

centernario.jpg

Mas apesar de toda a polêmica dizendo que a festa realizada pela CGADB era uma forma de boicotar as comemorações organizadas pela igreja-mãe, o pastor Samuel Câmara, presidente da igreja centenária, esteve presente no culto.

Muito se falou sobre as duas festas para comemorar um centenário. O pastor Silas Malafaia também saiu em defesa da igreja-mãe e pediu para que os pastores e líderes do Pará boicotassem a festa. Apesar disso, o Hangar estava cheio de membros e líderes que foram até Belém para festejar os 100 anos das ADs.

Na próxima semana começam as festividades da igreja de Belém do Pará. Do dia 16 ao dia 18 vários eventos acontecerão na capital paraense para relembrar a inauguração da maior igreja evangélica do país.

Até!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *