Senhor, Nunca te Ausentes de Mim; Alda Célia – Letra

Senhor, Nunca te Ausentes de Mim; Alda Célia

“Senhor, nunca te ausente de mim, não poderia sobreviver aos
vendavais que surgem de repente sobre os que eu tanto amo,
sem tua presença, sem a tua unção. Sou forte apenas porque
inclinastes o teu rosto sobre mim e submergi na tua luz”

É tarde de noite, o sono não vem
Resolvo sentar na varanda
Repensar a vida nem sempre é tão fácil
Vivo um momento de tanta tribulação

Fecho os olhos e flui a certeza
Que o meu Deus está comigo
Posso sentir sua força
Minh’alma se enche de paz

Meu corpo se aquece na luz do seu rosto
Vibro com a força da sua presença
Na madrugada eu me torno
Menina nos braços de Deus

Senhor, nunca te ausentes de mim (4x)

Uma entrega que vem lá do fundo da alma
Não é preciso de máscaras
Enfrento a verdade, sou como sou
Me abandono diante do Deus que me criou

Respiro fundo, me encho do espírito
Sinto a luz do meu Deus me invandindo
Já não há sombras, nem magoas
Vejo com os olhos da fé

Busco, portanto acho
Peço, portanto encontro
Clamo e acho sustento
Na intimidade desse momento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *