Susan Boyle; Exemplos que Podem Marcar – Preconceito

Mas Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias; e Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes; E Deus escolheu as coisas vis deste mundo, e as desprezíveis, e as que não são, para aniquilar as que são; Para que nenhuma carne se glorie perante Ele.

Foi o que o Apostolo Paulo escreveu em sua primeira epistola aos Corintians no capitulo 1 dos versos 27 – 29; e é exatamente aqui que quero desenvolver meu artigo. É notório que se falarmos ao que toca o texto dentro de um ciclo religioso nada mais do que isso pode parecer pratico e comum. Até porque são mensagens costumeiramente ministradas em nossas Igrejas.

Inusitado ou não, eventos que exploram contextualmente a simplicidade pode nos surpreender. Principalmente em se tratando de um contexto puramente Secular. E foi exatamente o que aconteceu. Difícil não se emocionar com a desempregada escocesa que se transformou num fenômeno global de popularidade quando atuou no programa Britain’s Got Talent. Susan Boyle é o nome da figura que entrou no palco empurrada pelas vaias e ironia dos famosos jurados que, como eles mesmos disseram, julgaram-na pela idade de 47 anos e sua aparência que não ajuda muito.

Paulo sabia que tais sentimentos aflorariam em nós quando levados a olhar o estereotipo das pessoas. Isso sempre acontece e quase sempre nos surpreendemos com os que estão a nossa volta. Rompemos amizades, desprezamos companheiros e desperdiçamos oportunidades quando atendemos aos vis sentimentos conduzidos pela sórdida ganância de uma vida distanciada de Deus.

Que esse evento puramente cotidiano e secular ocorrido com Susan Boyle sirva-nos de lição para nossa vida. Boa sorte!

Aproveite, curta e compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *