Terra de Ninguém; Catedral – Letra

Terra de Ninguém; Catedral

Na terra de ninguém
Onde ninguém quer ouvir a verdade
Onde ninguém tem a necessidade
De segurança, trabalho
Comida, de honestidade
Justiça e amor
Na terra de ninguém
Onde ninguém hoje é respeitado
Onde ninguém quer mudar esse quadro
De violência, miséria
Maldade, de peversidade
Engano e dor na terra de ninguém

Na terra de ninguém
Eu vi duas pessoas jogando xadrez
Eu vi um bispo e a rainha tentando
Um xeque mate na frentre do rei
Onde a prosperidade e a pobreza
São apenas um meio
De se conseguir mais riqueza
Xeque mate
Na terra de ninguém
Na terra de ninguém

Na terra de Ninguém
eu tive medo do que poderia acontecer
Na terra de Ninguém
eu tive medo do que poderá acontecer (2x)

Na terra de Ninguém
Eu Me Ajoelhei e Orei (2x)

Na terra de ninguém

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *