Vaso De Alabastro; Ludmila Ferber – Letra

Vaso De Alabastro; Ludmila Ferber

Como a mulher ungiu teus pés
Te adorando pelo que tu és
Ela quebrou o vaso de alabastro
E derramou o seu perfume caro
Assim seja eu,
Seja eu como esse vaso
Sim, meu amor, o meu ser
O melhor de mim
Derramado em adoração
Agradando o teu coração
Com os meus cabelos vou secar teus pés
Te adorando pelo que tu és

1 resposta a “Vaso De Alabastro; Ludmila Ferber – Letra”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *