Voz do Oriente; Brother Simion – Letra

Voz do Oriente; Brother Simion

A notícia quente vem do oriente

O povo do deserto não consegue viver em paz
Anseio por um caminho limpo, onde sem esquema ou armação qualquer

Consiga encontrar uma forma de livrar-me da terrível solidão

O centro da emoção altera a pulsação
O coração reclama num choro quase mudo
Madrugada sem fim, no desvio imposto pela deformação
O mundo pode ter a paz que ele anunciou
Do brilho das areias escaldante em suas dunas
O sol da justiça que todas as nações tanto procuram, doce luz

Até que som não mais ecoou e a história mudou
A vida que achei não acaba numa simples baforada
Até que som não mais, até que som não mais ecoou
A vida que achei, a vida que achei não acaba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *